//
archives

greve geral

This category contains 69 posts

Urgências dos centros de saúde aumentam 163%


Taxas moderadoras das urgências dos centros de saúde aumentam de €3,80 para €10 já a partir de 1 de Janeiro, de acordo com a portaria hoje publicada.

Taxas moderadoras das urgências hospitalares vão passar a custar entre €15 e €20 # Tiago Miranda

As taxas moderadoras das urgências hospitalares vão passar a custar a cada utente entre €15 e €20 e as dos centros de saúde aumentam de €3,80 para €10, segundo uma portaria hoje publicada no Diário da República .

De acordo com a portaria, que entra em vigor a partir de 1 de Janeiro, acrescem a estes valores as taxas moderadoras por cada meio complementar de diagnóstico e terapêutica (MCDT) efectuado no âmbito da urgência, podendo o total chegar aos €50, mas nunca ultrapassá-lo.

Assim, o documento estipula para o serviço de urgência polivalente um aumento de €9,60 para e20 de taxa moderadora.

A urgência básica e a urgência médico-cirúrgica, que custavam €8,60, passam a custar €15 e €17,5, respectivamente.

A portaria das taxas moderadoras fixa ainda para o Serviço de Atendimento Permanente ou Prolongado (SAP) um valor de €10, o que representa um acréscimo de €6,20.

No âmbito das consultas, as de medicina geral e familiar, ou outra médica que não a de especialidade, os valores passam de €2,25 para €5.

As consultas de enfermagem, ou de outros profissionais de saúde, vão custar no próximo ano €4 nos cuidados de saúde primários e €5 nos hospitais, ao passo que as consultas de especialidade passam a ter um custo de €7,5.

A taxa moderadora para a consulta no domicílio (que inclui lares e instituições afins) passa de €4,80 para €10.

A consulta médica sem a presença do utente, que o documento salvaguarda ter de ser realizada sempre com o “consentimento informado” do doente, custará €3.

Uma sessão de hospital de dia terá um custo de taxa moderadora correspondente ao valor das taxas moderadoras aplicáveis aos atos complementares de diagnóstico e terapêutica realizados no decurso da sessão, neste caso até um valor máximo de €25.

O Governo define ainda uma tabela de valores para os MCDT, que vai desde um taxa moderadora de €0,35 para exames entre €1,10 e €1,49 até aos €50 para exames de valor igual ou superior a €500.

Segundo a revisão do memorando de entendimento da troika, a que a Lusa teve acesso, o executivo deverá encaixar €150 milhões de no próximo ano, com a alteração dos valores das taxas moderadoras.

In Diário de Notícias online
8:00 Quarta feira, 21 de Dezembro de 2011

E os burros somos nós!!!???

Segunda revisão do memorando da troika é “puro terrorismo social”


PCP

O PCP considerou hoje que a segunda revisão do memorando da ‘troika’ é “puro terrorismo social” e “mais um passo no rumo de desastre nacional que está a arrasar o país”.

“Tudo quanto vem escrito no documento ontem [quarta-feira] tornado público é puro terrorismo social, ao serviço dos grupos económicos e financeiros, que se acrescentará ao conjunto das inaceitáveis medidas inscritas no próximo Orçamento do Estado para 2012”, afirmou Vasco Cardoso, da Comissão Política do PCP, numa conferência de imprensa na sede do partido.

O dirigente comunista apontou a revisão do memorando de entendimento subscrito por PS, PSD e CDS-PP como “uma nova e insuportável ofensiva contra os mesmos de sempre”.

“Mais austeridade, mais exploração, mais empobrecimento e retrocesso social, mais um passo no rumo de desastre nacional que, a um ritmo vertiginoso, está a arrasar o país”, acrescentou.

Vasco Cardoso teceu críticas à “significativa desvalorização dos salários por via da liquidação da contratação colectiva” e à “brutal redução das indemnizações por despedimento para 8 a 12 dias por cada ano de trabalho e facilitação dos despedimentos com poder discricionário para o patronato”.

“A reunião do Conselho de Ministros do passado domingo foi uma enorme farsa em mangas de camisa para esconder esta revisão e agravamento do pacto de agressão (…) Nada, a não ser a opção pelos interesses do grande capital, justifica estas medidas”, considerou.

“Ora no Governo, ora na oposição, PS, PSD e CDS, com o apoio do actual Presidente da República, comportam-se como executantes de um programa antidemocrático e de traição nacional, a que urge por fim”, defendeu.

O comunista reforçou que “os trabalhadores e o povo português não só têm o direito de rejeitar, como de usar todos os direitos que a Constituição da República lhes consagra para impedir que a sua vida seja transformada num inferno”.

In Destak online
21 | 12 | 2011 13.15H
Destak/Lusa | destak@destak.pt

Rangel: Agência nacional para ajudar quem queira emigrar


Eurodeputado sugere

(ACTUALIZADA) O eurodeputado do PSD Paulo Rangel sugeriu na terça-feira a criação de uma agência nacional para ajudar os portugueses que queiram emigrar, considerando que essa pode ser uma “segunda solução” para quem não encontra trabalho em Portugal.

O eurodeputado social-democrata Paulo Rangel # Fotografia © Gustavo Bom / Global Imagens

“Às tantas, nós até devemos pensar, se houver essas oportunidades, em, de alguma maneira, gerirmos esse processo. Talvez fosse uma forma de controlar os danos. Era ter, no fundo, uma agência nacional que pudesse eventualmente identificar necessidades e procurar ajustar as pessoas que tivessem vontade – não é forçar ninguém a emigrar, não se trata disso – e canalizar isso”, afirmou Paulo Rangel.

Questionado pelos jornalistas, à entrada para uma reunião do Conselho Nacional do PSD, num hotel de Lisboa, Paulo Rangel disse não ver “motivo para escândalo” nas declarações do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, sobre a emigração dos professores que não conseguem colocação nas escolas portuguesas.

No entender do ex-líder parlamentar do PSD, a posição assumida pelo primeiro-ministro, apontando a emigração como uma opção para essas pessoas, não devia suscitar escândalo: “Pelo contrário, ela devia suscitar um debate sério na sociedade portuguesa, para tentarmos, na medida do possível, acomodar as necessidades do País em termos de mercado de trabalho no exterior”.

Segundo Paulo Rangel, a emigração pode ser, não “uma primeira solução”, mas “uma segunda solução” para “pessoas que têm condições para isso, que ainda não têm a sua vida montada, que são mais jovens, mais ligados à aventura”, porque “pode ser uma forma de as pessoas terem rendimento, de terem uma experiência, de terem uma ligação ao País feita de outra maneira, de servirem também o País”.

Isto não se aplica a “profissionais que já estão na casa dos 40 anos, que já têm as suas famílias formadas, que têm filhos em idade escolar”, ressalvou, insistindo que não se deve “diabolizar a emigração, especialmente de quadros qualificados, como uma saída provisória, como uma má saída, mas uma saída para a crise”.

O eurodeputado do PSD argumentou que “é uma evidência” que “no caso da educação, com a baixa da taxa demográfica, não há lugar para todos os professores” e que é preciso “encontrar saídas para as pessoas” desempregadas.

“Ou os senhores querem que as pessoas fiquem em casa à fome e a viver do fundo de desemprego, é isso que querem?”, questionou, dirigindo-se para os jornalistas.

Paulo Rangel recusou que seja um sinal de derrotismo um primeiro-ministro apontar a emigração como uma opção: “Eu acho que não é. Nós não podemos estar sempre a dizer que queremos que os portugueses estejam em grande cooperação no Brasil, em Angola e Moçambique, que queremos ter pontos de contacto espalhados pelo globo, que os portugueses têm uma diáspora muito activa, e depois achar que isto é uma coisa terrível e tenebrosa”.

»»»» alguns dos comentários do jornal online:

– O país na lama e quem Governa é o gangue do Duarte Lima com promessas patetas. Se D. Afonso Henriques fosse vivo mandava decapitar essa corja instalada toda.

– Ó Rangel, o Povo vai é arranjar uma agência para tratar da emigração forçada de toda a corja política da qual fazes parte… e sem retorno pá! Cambada de aldrabões porcos, sujos e nojentos!

– Se olharmos para a foto do Gordo encontramos porventura uma solução:ATAR-LHE O FOCINHO COM A BANDA QUE SEGURA A CORTINA.CALAVA-SE DE VEZ!Este gajo devia emigrar para um País que não devolvesse sob qualquer pretexto bichos nojentos….

– Porque sera que quando olho para as fotos destes gajos sinto nojo deles? Cambada de mediocres e oportunistas, politicos mentirosos, corruptos, sacanas e invejosos que so chegaram ao poder atraves de cunhas (ou k.u) e da passividade de um povo que ja ha muito deixou de acreditar em si, no seu valor e num futuro melhor. Estes chamados ‘senhores’ tomaram de assalto a casa do povo (Portugal), destruiram-na e agora te^m a coragem de nos convidar a sair. Ao ponto a que isto chegou… Chegou ao que existia antes do 25 de Abril. O pior e’ que agora ja nao temos as colonias para chular nem o Escudo moeda forte, nem os cofres cheios de ouro do “tio Patinhas’ luso’. Vai-se o povo, ficam os abutres a devorar o que resta.

– A greve geral prejudica quem trabalha, é um facto! Mas estes rançosos, gordos, anafados, aldrabões já que querem arrebentar com o Povo, rebenta o Povo com o País e vai tudo p’rá fossa! GREVE GERAL DURANTE UM MÊS SEGUIDO e depois quero vê-los a espernear que nem uns valentes filhos da pppuuutttaaa!

– Só quem for parvo é que ainda não passou o limite do suportável. Rua com este Governo. Eleições já!

– para isso foi o que trouse a republica do galo miseria e ladroes de colorinho branco mudemos de regime de uma vez por todas

– Kim Rangel Un,o lider eterno!Gordo,obeso,untuoso….só lhe faltam uns óculos redondos de massa.Um comboio blindado para se pôr nas puutas! Com muitocognac e algumas puutas bailarinas! A caminho de Angola, aí vai o lider eterno…para não mais voltar.LONGA VIDA AO LIDER!

– Já cá estou e ontem, tal como hoje, o problema é o mesmo.Tambem o era no tempo do Marques de Pombal e nas revoltas e reviravoltas.O problema é sempre o mesmo, a INCOMPETÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO PORTUGUESA EM TODA A LINHA e não hà remédio.Já cá estou hà trinta e três anos. Mas a solução não é a emigração, garantido, nos EUA o desemprego real da população activa, anda pelos 30%.E os outros países como é ?ERROS PROFUNDOS DA ADMINISTRAÇÃO ACTUAL, COM ESTA PROPOSTA INDECENTE.É como o marido pedir á mulher que se prostitua por que a vida está mal e não há para comer. VERGONHA.Emigrar é uma opção muito pessoal e sempre dolorosa.

– Diz o anão anafado.

– Essa de emigre é dar dois tiros em cada perna … Demitam-se cabrões ! Greve Geral até este gangue se demitir ! Chega de roubos ladrões, destruidores da Nação.ESCRAVOCRATAS !

– O eurodeputado Jorge Rangel tem toda a razão nos argumentos que apresenta,em especial,que precisamos de manter a nossa diáspora, sempre muito activa.Se me permitir gostaria de sugerir a sua Ex.cia senhor eurodeputado,que para activar a tal diáspora,começasse por se auto-emigrar,pois vendedores de banha de cobra há já grandes excedentes em Portugal,para além de nas trocas a efectuar com esses tais países lusófonos,tenhamos o bom senso de corresponder à qualidade da maioria dos imigrantes (mafiosos,criminosos de todo o tipo,prostitutas,etc) com consequente qualidade dos nossos emigrantes.Evitaremos assim correr o risco de nos acusarem de neo-colonialistas,não é senhor eurodeputadp Paulo Rangel?

– o primeiro a emigrar foi paulo rangel que esta em bruxelas nao veim

– cada vez fico mais traumatizado por estes inconpetentes que nos estam a gorvernar apedir aos Portuguese com P a sair porque nao saem eles .ficam so os cidadaos se aoto governar eles psd/cds pior que socrates 1milhao de vezes filhos da mae porque pariste um returnado de angola vai embora retornado passos coelho da figa.

– Oh bandalho laranja.Nem sequer sabes escrever?os boys agora são contratados nos meios académicos em que o Coelho tirou o curso aos 37 anos?

– Mais um xuxa parasita do RSI. Analfabeto, como de costume.

– Elegeram a escumalha xuxa que arruinou este país em 13 anos de desgoverno, agora têm o que merecem.

– Só tenho ódio para essa ***@. Matai-vos uns aos outros animais.

– Destruiram Portugal e agora mandam os Portugueses sair do seu proprio País. Ao ponto que os criminosos chegaram. Revoluçao JA’.

– pois emigremos todos os pretos e a ciganada mais a m3rda toda que fique com este esterco e afoguem-se nele politicos incluidos. PQP

– tu és preto tuga escuro, e aciganado.

– Acabem com a parasitagem do RSI e já ninguém tem que emigrar.

– O RSI que é dado aos Parlamentares ,ETC,ETC…concordo porque o resto é um pen.telho DOENTE PARTIDÁRIO.LOL

– bacaro!

– PORTUGAL É UMA COMÉDIA,ATE OS POLITICOS PORTUGUESES QUEREM QUE OS PORTUGUESES EMIGREM LOL.EU NÃO PRECISEI DESTES CONSELHOS,PORQUE FUI MAIS ESPERTO E EMIGREI PARA ALEMANNHA EM 1993

– Tens as mãos boas pera fazeres uma pi-via a um cavalo

– Porque será que os bois negros e as ***s das mulheres com pintelheira preta são anti-comunas?

– “Arranjão”? Porque será que os analfabetos são todos comunas?

– Atenção que o Parasitas esta primeiro para abocanhar-lo, ainda arranjão acidentes . lol

– E que tal implementar uma agência nacional para a criação de emprego dentro do nosso país? Nascemos aqui não? Temos de emigrar como no tempo de Salazar porquê? Estamos a seguir as pesadas desse ditador. Já só falta tirarem-nos a liberdade de expressão, porque o resto já nos tiraram tudo. Se estes políticos da tanga não conseguem criar uma economia que fomente o emprego, então reconheçam a falta de capacidade e emigrem eles de vez e não chateiem mais o povo nem deem opiniões. Triste país aquele que não sabe acolher os seus filhos! Vamos mas é começar por mandar o Passos para Angola, meter o Portas num submarino, o outro a andar de mota, reenviar aquele dos óculos para o Canadá, os restantes a pastar e que venha alguém decente para governar!

– 100% apoiado, devem sim emigrar estes politicos criminosos que levaram este país ha falência.

– Portugal é como uma empresa falida com gente a mais. Se nao ha emprego entao de que vale termos tanta gente a viver de beneficios ? MAIS VALE EMIGRAR !!!!! Ganham experiencia Internacional, é bom para o CV. Melhor do que ficar lá escrito que esteve um ou dois anos SEM FAZER NADA !!!! As empresas nao contratam DESEMPREGADOS DE LONGO TERMO porque sao vistos como pessoas sem ritmo e com dificuldades devido a estarem tanto tempo longe do activo. Tres ou quatro meses de desemprego ainda se aceita, agora um ou dois anos fica marcado para o resto da vida ! ! ! !

– Completamente. Ainda pensei em responder-lhe mas não vale a pena. É um daqueles com palas em que tudo o que vier com carimbo laranja esfrega no r@bo e sorri.

– …e que tu sejas o primeiro a partir…

– Se não ha emprego nem salários é porque criminosos com tu e os teus compradres desgovernantes deslocaluzaram as fabricas para a china e matas-te a agricultura e pescas, para essa gente criminosa e traidora é pendura-los a todos pelo pescoço

– DOENTE PARTIDÁRIO

– Inacreditável! Essa é a solução portuguesa para o desemprego? O exílio?

– ISTO SÓ VAI QUANDO POVO DEIXAR DE VOTAR E ACABAR COM OS PARTIDO POLÍTICOS… E SEUS XULOS!

– Desempregados COmuNAS ! A Coreia do Norte precisa da vossa massa cinzenta. EMIGREM !!!!

– estes fideputas do PSD ainda gozam. Ou o povo sai para a rua ou tem a sorte que merece.

– Isto sim é que é confiança no povo que se governa. Incentivo para emigrar nem os paises africanos o assumem. Inacreditável. Por mim é apedrejamento já. Vão mas é trabalhar. E pensar que estes tipos andaram a dizer que a culpa disto tudo era do Sócrates! Passem por aqui ao pé que eu explico-vos com carinho… BU!

Este labrego, possivelmente já deve ter amigos para colocar na administração da agência e com os respectivos assessores, para que todos os tugas possam emigrar !!! Os parasitas combatem-se com insecticidas !!!

– Já não chega o Passos mandar cavar os portugueses para fora de Portugal: vai ser tudo bem organizadinho!

– Que engordou tanto que tem umas mãozinhas sapudas….Prefiro francamente uns pezinhos de coentrada…

– A grande diferença entre democraçia e ditadura é que na ditadura não podias falar muito pois ias preso , na democracia podes dizer o que quiseres mas ninguem te ouve .

– A pessoa indicada para isso és tú…já tens muita prática alamber o traseiro ao Cagão … p.q.t.p.

– Mãos boas para limpar latrinas são as do deputado Rangelque as tem bem sapudas,gordurosas e com pêlos para chamuscar na próxima matança. A tua empregada devia encharcar-te no focinho a *** que por lá deixas…

– Meus caros emigrantes, tal como ha quase 200 anos atras, marcamos encontro em Londres, onde esperamos-te como voluntario para tomares armas e zarpares rumo a Portugal numa armada aparelhada sob patrocinio de El-rei Dom Pedro IV e para desembarque o quanto antes na Praia da Memoria, seguindo-se uma marcha triunfal sobre o Porto e Lisboa, com o proposito de despejar a corja que tem governado Portugal nas ultimas décadas. Venderam-nos a democracia de Abril como sinonimo de progresso, bem estar social e economico e o resultado é este, um Estado sem eira nem beira, que, ha imagem do Estado Novo, despreza os portugueses e os obriga ao exilio. Abril é isto? Este senhor e todos os outros que promovem abertamente a emigração são traidores.

– Oh Rangel foi o que tu fizeste, foste para a europa engordar pela agencia, pode ser que chegue o dia de te enfiarem a tripa pela cabeça abaixo e fiques transformado em morcelas de ***..

– Outro iluminado vazio de ideias. Os actuais dirigentes do PSD são deste tipo, iluminados sem ideias. Porque não emigram eles?

– Gostaria de informar o euro deputado Rangel e todos aqueles que acham a ideia interessante que já existiu um organismo estatal, chamado Instituto de Apoio à Emigração e as suas Direcções Regionais de Emigração. Dezenas de milhares portugueses emigraram, tal como eu, através desta Agência. Procuravam candidatos, entregavam os contratos de trabalho, faziam juntas médicas e tudo o mais.A meio dos anos oitenta, o PSD, partido do Rangel, acabou com isto e a palavra emigrante foi cortada do mapa. Estão recordados?Agora, o PSD, volta a propor uma ideia do passado que eles condenaram. Esta gente não sabe o que quer, nem o mal que estão a fazer.

– Para o comentador “Obrigado PS”: A hipocrisia portuguesa da lugar a comentarios de avestruz como este. Tal como aquando do periodo monarquico moribundo, progressistas e renovadores nem progrediam, nem renovavam, hoje, com esta republica moribunda, nem socialistas, nem sociais-democratas aceitam que têm ambos responsabilidades, pois são os dois partidos da rotatividade que, como ha cem anos atras, são os unicos com real responsabilidade governativa. E o senhor também sabe muito bem, mas esconde hipocritamente que os milhões dos pacotes comunitarios de apoio limitaram a emigração nos anos 90, mas não a pararam. O saldo migratorio tornou-se depois positivo, mas isso ja vinha do inicio da década de 80, aquando da segunda crise do petroleo.

– Obrigado PS!

– No tempo de Cavaco, havia IMIGRAÇÃO, ou seja, os estrangeiros vinham para cá. 13 anos de socialismo tormaram-nos no Burkina Faso da Europa. Obrigado PS!

– Políticos tenebrosos são todos da direita à esquerda e da esquerda à direita. Vejam que altos quadros do psd construíram um banco onde desvios de mais de cinco mil milhões de euros, ninguém é responsabilizado e todos os psd e restantes partidos estão todos na paz do Senhor. Políticos sem vergonha que enriquecem a olhos vistos, mas infelizmente não é com o suor do seu trabalho, mas sim da lábia manhosa e traiçoeira para o contribuintes. Esta personagem personifica a miséria de seres humanos que os líderes partidários colocam nas suas listas, mas que o povo não tem possibilidade de escolha, porque os paridos que estão no parlamento estão todos feito e são iguais uns aos outros no que toca ao saque de dinheiros públicos.

– Ora ai está uma maneira bastante interessante de governar aconselhando os cidadãos a emigrarem…trata-se de um sistema bastante inovador…

(até ao momento, são 128 os comentários inseridos sobre esta peça)

In Diário de Notícias online
21/12/2011
por Lusa

Passos Coelho sugere que professores desempregados emigrem


Educação

Pedro Passos Coelho sugeriu, em entrevista ao Correio da Manhã, que os professores que não se encontram empregados emigrem em busca de oportunidades em países lusófonos.

Questionado sobre se aconselharia os “professores excedentários que temos” a “abandonarem a sua zona de conforto e a “procurarem emprego noutro sítio”, Passos Coelho respondeu: “Em Angola e não só.

O Brasil tem também uma grande necessidade ao nível do ensino básico e secundário”, disse durante uma entrevista com o Correio da Manhã, que foi publicada hoje.

In Destak online
18 | 12 | 2011 19.54H
Destak | destak@destak.pt

[aviso] –

IMIGRA TU, Ó BASTARDO! TRAIDOR! Quando um primeiro ministro de um país manda os seus concidadãos emigrarem, merece o maior repúdio e o maior desprezo! Este tipo não tem dignidade absolutamente nenhuma! Não merece o cargo que ocupa. Alguém o ponha dali para fora e vá ele para Angola ou para o Brasil ou para o raio que o parta! Este tipo é um CANCRO! BARDAMERDA![/aviso]

PGR devia abrir inquérito à actuação “desproporcionada” da polícia


PSP/agressões

Um responsável da Plataforma 15 de Outubro, que integra o movimento dos indignados, defendeu hoje que o Procurador-geral da República (PGR) devia abrir um inquérito na sequência do vídeo relativo às agressões “desproporcionadas” da PSP a um jovem alemão.

Em declarações à agência Lusa, Renato Guedes, da Plataforma 15 de Outubro, considera que as imagens, que percorrem a Internet e as redes sociais, são elucidativas da “actuação vergonhosa” de vários agentes policiais contra um jovem alemão de 21 anos, no seguimento da manifestação realizada junto do Parlamento no dia da greve geral.

O membro da Plataforma 15 de Outubro defende ainda que o inquérito da Procuradoria-Geral da República (PGR), enquanto garante da legalidade democrática, devia estender-se à actuação da PSP logo no início do dia da greve, ao impor aos piquetes de greve o que “podiam ou não podiam fazer”.

“Há uma subversão do Estado de Direito democrático”, argumentou Renato Guedes, lembrando que também na anterior manifestação do Rossio houve erros na actuação policial, que terminaram com a absolvição de dois jovens detidos na ocasião por alegados insultos à autoridade.

Quanto às informações policiais, veiculadas pela imprensa, de que o jovem alemão está referenciado pela polícia dos dois países e que é uma pessoa perigosa, o membro da Plataforma 15 de Outubro respondeu que “até agora o que existe são boatos” que servem de “cortina de fumo” para tapar a actuação “vergonhosa” da polícia, de que as imagens em vídeo não permitem desmentir.

Renato Guedes diz desconhecer que factos concretos são imputados ao jovem alemão, cujo julgamento por alegada agressão à autoridade, resistência e desobediência foi adiado para 06 de Dezembro, uma data bem distante dos acontecimentos.

Alem do cidadão alemão, na quarta-feira foram também detidas mais seis pessoas, uma das quais uma francesa de 16 anos.

Aquele membro da Plataforma 15 de Outubro referiu que a “polícia tem o monopólio da violência” e que a sua utilização tem sempre que ser “justificada”, o que no caso do jovem alemão não aconteceu, pois foi “desproporcionada”, independentemente da campanha mediática em contrário desenvolvida pela PSP.

Entretanto, a PSP já anunciou a abertura de um inquérito interno de averiguações sobre o caso.

A Plataforma 15 de Outubro, formada na sequência do protesto realizado nessa data nas escadarias da AR, reúne-se domingo à tarde, estando em discussão a análise deste e de outros acontecimentos e a realização de ações futuras.

A Lusa tentou obter um comentário da PSP, mas até ao momento tal não foi possível.

In Destak online
26 | 11 | 2011 13.29H
Destak/Lusa | destak@destak.pt

[aviso] – Desconheço se esse jovem alemão é anarca, se tem registo criminal na Alemanha por distúrbios, bla, bla, bla, mas o facto é que aqui, neste quintal plantado à beira mar, é UM FACTO indesmentível que a Polícia de Choque, à boa maneira dos velhos tempos do Estado Novo salazarista, CARREGA À BASTONADA sobre manifestantes INDEFESOS que apenas pretendem mostrar a sua indignação perante o rumo que o País está a levar! E isso ninguém pode desmentir porque as cargas policiais estão bem documentadas. Se até a própria polícia usou canhões de água contra a “outra” polícia na manif dos Secos e Molhados de triste recordação… o que mais há para acrescentar?[/aviso]

manife de 24 de Novembro – Lisboa (actualização)


Vídeo com alegada agressão de polícia circula na Internet

Está a circular nas redes sociais e blogosfera um vídeo que alegadamente mostra um polícia sem farda a bater com um bastão num homem. As imagens terão sido captadas no contexto da manifestação ocorreu nas imediações do Parlamento, no dia da Greve Geral. VEJA O VÍDEO

No mesmo dia em que o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, elogiou a actuação “ponderada, sensata e competente da PSP” perante os incidentes de quinta-feira junto à Assembleia da República, a Internet debruça-se sobre um vídeo, cuja autenticidade não pode ainda ser verificada, mas que mostra alegadamente uma carga policial sobre, pelo menos, um dos participantes na manifestação de quinta-feira junto ao Parlamento.

Em conferência de imprensa, o ministro desvalorizou os incidentes registados (sem se referir a este em concreto), considerando que os actos de provocação foram gerados por uma minoria.

“O que ontem [quinta-feira] aconteceu em frente à Assembleia da República foi um ato de provocação que não se confunde com a esmagadora maioria dos que participaram na manifestação de forma ordeira”, disse ao jornalistas Miguel Macedo, após ter participado no briefing da direcção nacional da PSP.

»»»» um dos comentários no online a considerar:

Guardei este vídeo. Quero ficar com a cara daquele polícia de casaco branco de capuz. Reparem que por trás, debaixo do casaco, tem uma arma, nota-se no volume saliente do casaco.
Dá-se conta que há ali mais elementos da polícia à civil.
ESTE É UM AVISO MUITO SÉRIO para futuras manifestações. Acho que se devia criar piquetes de segurança especialmente treinados para “caçar” polícias no meio da multidão. Filmar o mais possível as manifestações de frente, focar especialmente aqueles que possam parecer suspeitos de modo a que estes infiltrados se sintam desmascarados. Por experiência sei que elementos destes pertencem às várias polícias, nomeadamente as secretas, e alguns aparecem como inocentes manifestantes empunhando máquinas de filmar. Isto é muito sério, estes elementos são escolhidos a dedo como elementos prontos para tudo. Estes são os elementos que num estado de sítio ou golpe fascistas estão prontos para prender, matar, torturar. Lembrem-se dos milhares de cidadãos assassinados a sangue frio no Chile, Argentina, Brasil e por todo o mundo. Estes elementos são treinados pela Cia e Mossad. Lembrem-se que vêm cá elementos da Cia dar treino a esta gente. Isso é do conhecimento público embora a notícia seja dada como treino dado por simples polícias americanos. Precisamos estar alerta e não sermos ingénuos. Eles não brincam em serviço. Nós também não devemos negligenciar estes factos.

In Visão online
17:50 Sexta feira, 25 de Nov de 2011

manife de 24 de Novembro – Lisboa from Bernardo Barata on Vimeo.
by Bernardo Barata

»»»» Informação de hoje, 26/11/2011:

Desordem na Calçada da Estrela, Lisboa

Bastonadas da PSP foram resposta a espancamento (COM VÍDEO)

Detenção foi gravada e partilhada nas redes sociais

As agressões da PSP a um jovem radical alemão de 21 anos, filmadas por um telemóvel ao princípio da noite de quinta-feira na Calçada da Estrela, em Lisboa, e enviadas por email para as redacções dos órgãos de comunicação social, vão ser alvo de um inquérito interno por parte da Direcção-Nacional desta força de segurança. Fonte oficial da Polícia prometeu conclusões para a próxima semana, mas o CM sabe que o uso excessivo de força por parte dos agentes à civil filmados foi encarado como último recurso para parar a vaga de violência do militante anarca.

O jovem, que segundo várias fontes policiais disseram ao CM está ‘fichado’ na Alemanha pelos crimes de participação violenta em rixas públicas, atacou sem razão aparente um dos vários agentes de investigação criminal que a PSP espalhou pelos arredores da Assembleia da República. O polícia, pertencente à Divisão de Investigação Criminal de Lisboa, foi espancado a murro e pontapé. O agressor teve até “requintes de malvadez”, ao enfiar dois dedos nos olhos da vítima. Sem capacidade de resposta perante a maior envergadura física do jovem alemão, o polícia chegou a desmaiar por alguns segundos.

Vários colegas do agente espancado aperceberam-se da gravidade da situação e, de imediato, intervieram. No entanto, nem quando se viu suplantado em número pela PSP o jovem alemão cedeu. Resistiu violentamente, e só à bastonada foi possível detê-lo.

A Polícia, no entanto, viu-se obrigada a deixá-lo em liberdade, notificando-o para se apresentar na sexta-feira de manhã no Tribunal de Pequena Instância Criminal. O julgamento do detido acabou por ser adiado para 6 de Dezembro, e a PSP não tem agora quaisquer garantias que o jovem alemão se apresente perante a justiça portuguesa.

Depois das manifestações de violência da greve geral de quinta-feira, a PSP tem a atenção redobrada a uma série de alvos de movimentos anarquistas. O ataque com cocktails molotov da madrugada de quinta-feira a três repartições de finanças de Lisboa estava previsto há semanas. De resto, por se tratar perante a lei de crimes de dano, a PSP assumiu a investigação dos mesmos. E trabalha já para evitar novas situações.

In Correio da Manhã online
26/11/2011 | 01h00

Repartições de Finanças atacadas com ‘cocktails molotov’


Greve geral/Lisboa

A greve já foi marcada por vários incidentes # Fotografia © Rui Coutinho / Global Imagens

(ACTUALIZADA) Duas repartições de Finanças em Lisboa foram hoje vandalizadas com o lançamento de ‘cocktails molotov’. O secretário-geral da UGT, João Proença, afirmou que “provocadores há sempre”. Carvalho da Silva, da CGTP, lamentou a “mobilização da polícia feita pelo poder.

Fonte do comando da PSP referiu que os vidros das montras das instalações ficaram partidas e para o local foram os agentes “necessários”.

O primeiro incidente ocorreu às 08:25 na repartição da Rua Amélia Rey Colaço, em Benfica. Pelas 09:15, registou-se um outro ataque às instalações da Rua do Centro Cultural, na zona do Campo Grande, acrescentou a mesma fonte.

Uma terceira repartição, na zona oriental de Lisboa, foi atingida por latas de tinta, referiu fonte do Comando da PSP.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) reforçou entretanto a vigilância e patrulhamento às repartições de finanças, depois de três terem sido vandalizadas, disse fonte do Comando desta força de segurança à Agência Lusa.

“Ainda não foram identificados os autores” dos actos de vandalismo às três repartições de finanças, mas a “polícia está atenta para prevenir outras situações”, disse a mesma fonte.

A PSP desenvolve “as diligências necessárias para chegar aos autores do crime”, referiu acrescentando que já “reforçou as patrulhas” a este tipo de instalações.

Questionado sobre os incidentes, o secretário-geral da UGT, João Proença afirmou que “provocadores há sempre” e que “comparada com outros países [a greve] tem corrido sem incidentes”.

Ainda assim, sublinhou que “o direito ao trabalho é fundamental mas o direito à greve também”. No entanto, em Lisboa, João Proença tem “sérias dúvidas” de que o direito à greve esteja a ser respeitado pelas empresas, nomeadamente no caso da Carris.

“O tribunal fixou 50 por cento dos trabalhadores em 13 carreiras. A empresa não tem o direito a utilizar nenhum trabalhador afecto aos serviços mínimos tendo trabalhadores disponíveis para fazer o trabalho. Se no total da empresa ultrapassou 50 por cento das 13 carreiras cometeu uma violação grave do direito à greve”, afirmou.

Carvalho da Silva, secretário-geral da CGTP, por seu lado, lamentou a “mobilização da polícia feita pelo poder, muitas vezes à margem da lei e servindo outros interesses”, como o caso de Oeiras, aconselhando a “mobilização das forças de segurança para outros casos de justiça e não contra os trabalhadores”.

»»»» comentários no jornal online:

Dois comentários chamaram a atenção para um facto que é sempre bom não esquecer, pelo menos para todos aqueles que não viveram nos tempos do Estado Novo salazarista e que desconhecem os métodos que a PIDE utilizava para provocar este tipo de situações e depois poder agir à vontade…

– Tal como nos tempos da outra senhora, quando éramos “pobres pobrezinhos mas muito felizes”, as provocações eram desencadeadas pela PIDE (a polícia política do governo) … Contra as repartições de finanças ? Ainda se fosse contra o Banco de Portugal ou a casa do 1º ministro ? Agora contra a repartição de finanças …

– Ora nem mais… Ainda bem que existem pessoas que ainda não se esqueceram dos métodos desses velhos tempos e que estão novamente a ser utilizados nesta “democracia” fantoche… Esta acção é a mesma que os mesmos fazem quando se infiltram nas manif’s para provocarem porrada que depois, naturalmente, é repelida pela polícia de choque. Os métodos são os mesmos de outrora! ABRAM ESSES OLHOS!

In Diário de Notícias online
24/11/2011
por Lusa

Corpo de Intervenção da PSP “impediu” com força física a acção dos piquetes (actuali.)


Greve Geral

Foto: LUSA

O Corpo de Intervenção da PSP interveio “usando a força” em “todas as estações da Carris” para impedir os piquetes de greve que queriam “ajudar” os trabalhadores a “cumprir o direito à greve”, acusou hoje um dirigente sindical.

À Lusa, Manuel Leal, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal (STRUP), afirmou que a administração da empresa enviou uma circular sobre serviços mínimos, em que ameaçava de despedimento quem fizesse greve.

“Na notificação dos serviços mínimos, a empresa ameaçou os trabalhadores que não cumprissem com processos e ameaçaram com despedimentos. Os trabalhadores ficaram extremamente indignados”, relatou.

Manuel Leal explicou que os piquetes tentaram “ajudar os trabalhadores que queriam fazer greve, mas estavam a ser obrigados a furá-la”.

“Os piquetes tentaram que os trabalhadores cumprissem a sua intenção e direito de aderir à greve e a polícia de intervenção usou da força física e impediu a acção pacífica e regulada nos termos da lei”, criticou.

Para o dirigente da STRUP, os piquetes não protagonizaram qualquer alteração da ordem pública.

Manuel Leal informou ainda que a administração da Carris violou o acórdão do tribunal arbitral acerca dos serviços mínimos: 50 por cento de circulação em 13 carreiras.

“Podemos dizer com segurança, que o Conselho de Administração colocou mais autocarros do que eram impostos. Ainda não sabemos a totalidade, mas em algumas carreira era muito visível que se tinha excedido em muito os 50 por cento”, afirmou.

A adesão dos trabalhadores da Carris à greve geral de hoje, segundo o sindicalista, é pela defesa dos postos de trabalho e pelo “direito à mobilidade” que estará em causa se for aprovado o relatório do grupo de trabalho nomeado pelo Governo.

Também João Proença, secretário-geral da União Geral de Trabalhadores (UGT), a empresa “não tem direito a utilizar nenhum trabalhador afecto aos serviços mínimos tendo trabalhadores disponíveis para fazer o trabalho”, acrescentando que se no total se “ultrapassou 50 por cento das 13 carreiras, a empresa cometeu uma violação grave do direito à greve”.

Pela parte da Carris, fonte da empresa afirmou à Lusa que de momento não serão feitos comentários à paralisação.

A greve geral convocada para hoje em Portugal pela CGTP e UGT, para protestar contra as medidas de austeridade decretadas pelo governo, está a “registar forte adesão”, de acordo com informações transmitidas pelas duas centrais sindicais.

Nos grandes centros urbanos como Lisboa e Porto, autocarros e metropolitanos estão praticamente paralisados, havendo também fortes constrangimentos nas ligações ferroviárias a nível do país. A TAP cancelou mais de uma centena de voos.

A greve geral de hoje foi convocada pela CGTP e UGT para contestar as recentes medidas de austeridade do Governo, nomeadamente os cortes nos subsídios de férias e de Natal dos funcionários e pensionistas do sector público.

In Destak online
24 | 11 | 2011 13.28H
Destak/Lusa | destak@destak.pt

[aviso] – O direito à Greve encontra-se institucionalizado na Constituição da República Portuguesa. Qualquer acção, seja ela de que índole for, contra uma Greve, é ILEGAL, de cariz fascista e merece o repúdio de quem ainda possui raízes democráticas. Se querem acabar com a Constituição (e não são poucos), façam-no no lugar próprio. Enviar a Polícia de Choque para travar piquetes de greve, são acções dignas de um Estado Novo, fascista, ditatorial. Portugal anda, desde há muitos anos, mascarado de “democrata”. E ainda há gente que nem deu por isso…[/aviso]

Governo acaba com subsídio de alojamento / Passos Coelho dá subsídio de alojamento


Governo acaba com subsídio de alojamento

O Governo prepara-se para acabar com o subsídio de alojamento atribuído aos membros do Executivo que tenham residência a mais de 100 quilómetros de Lisboa, apurou o SOL junto de fonte governamental. A decisão surge depois da polémica em torno dos casos do ministro Miguel Macedo e do secretário de Estado José Cesário, que, como o SOL avançou há três semanas, recebiam o subsídio tendo casa própria em Lisboa.

A acumulação é permitida por uma lei de 1980 que aponta «a rarefacção de habitações passíveis de arrendamento» em Lisboa como uma das razões para a atribuição do subsídio.

A controvérsia sobre este apoio, de cerca de 1150 euros, acabou por levar Miguel Macedo e José Cesário a abdicar do subsídio. Aos dois governantes juntou-se o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, que anunciou também renunciar ao subsídio «em solidariedade com os outros membros do Governo».

Além dos nomes que agora renunciaram a este apoio do Estado, recebe a subvenção Juvenal Peneda (adjunto do ministro da Administração Interna), bem como os secretário de Estado Paulo Simões Júlio, Cecília Meireles, Daniel Campelo, Marco António Costa e a subsecretária de Estado adjunta Vânia Barros. O subsídio pode também ser atribuído, numa percentagem menor, a chefes de gabinete.

Corte nas subvenções vitalícias

O Executivo também está a estudar a forma de acabar com a acumulação da subvenção vitalícia atribuída aos políticos que trabalham e têm rendimentos no sector privado. A medida vai constar do Orçamento do Estado (OE) para 2012. Entre os abrangidos por esta limitação estão nomes como Dias Loureiro, Jorge Coelho, Armando Vara ou Ângelo Correia.

O Governo está a «estudar os aspectos legais» para o corte das subvenções, adiantou ao SOL fonte do Executivo. A solução poderá não passar por proibir em absoluto a acumulação, mantendo-se em aberto a hipótese de definição de um determinado nível salarial, a partir do qual o beneficiário já não recebe o apoio do Estado. Uma questão a que os partidos da maioria – que terão de apresentar a proposta no Parlamento, dado que o Governo já não pode alterar o OE – se mostram receptivos.

João Almeida, coordenador do CDS na comissão de Orçamento e Finanças, sublinha que a medida abrangerá diferentes realidades e defende que a solução a encontrar deve levar isso em conta. Isto porque há casos de pensões que não atingem 1000 euros. Ou, em alguns casos mais raros, os 500 euros.

Quanto à duração do corte, certo é que será aplicado «temporariamente, com uma norma no Orçamento». Mais do que isso não é fácil, argumenta: cortar «definitivamente é mais complexo porque implica questões constitucionais».

O PS também já veio afirmar que concorda com o fim da acumulação da subvenção com vencimentos no sector privado. Carlos Zorrinho, líder parlamentar socialista, sustenta que os beneficiários deste privilégio «devem suspender o recebimentos das subvenções enquanto mantiverem rendimentos privados, ou então suspenderem a sua acção privada se pretenderem manter as subvenções».

In SOL online
29 de Outubro, 2011
por Susete Francisco
susete.francisco@sol.pt

Passos Coelho dá subsídio de alojamento

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, e três secretários de Estado vão receber subsídio de alojamento, por não terem «residência permanente na cidade de Lisboa ou numa área circundante de 100 km». O subsídio tem retroactivos desde a tomada de posse.

Um despacho publicado hoje no Diário da República e assinado por Pedro Passos Coelho no dia 11 de Novembro, determina que o ministro da Economia, o secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, o secretário de Estado da Economia e Desenvolvimento Regional e o secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação deverão receber subsídio de alojamento.

Este apoio – atribuído a todos os governantes que não tenham «residência permanente» na Grande Lisboa – corresponde a «75% do valor das ajudas de custo estabelecidas para as remunerações base superiores ao nível remuneratório 18».

A atribuição do subsídio tem efeitos a partir da data de posse dos governantes «e pelo período de duração das respectivas funções».

Recorde-se que, no final de Outubro, fontes do Governo chegaram a admitir ao SOL estar a ser ponderado o fim deste subsídio de alojamento.

A polémica em torno da atribuição deste tipo de ajudas, surgiu depois de o SOL noticiar que o ministro Miguel Macedo e o secretário de Estado José Cesário recebiam um subsídio de cerca de 1.150 euros por mês, apesar de terem casa em Lisboa.

Depois das notícias, Macedo e Cesário acabaram por renunciar a este apoio. José Aguiar Branco, ministro da Defesa, seguiu-lhes o exemplo, «em solidariedade».

Juvenal Peneda (adjunto do ministro da Administração Interna), os secretários de Estado Paulo Simões Júlio, Cecília Meireles, Daniel Campelo, Marco António Costa e a subsecretária de Estado adjunta Vânia Barros recebem actualmente o subsídio de alojamento – que pode ser atribuído, embora numa percentagem menor, também a chefes de gabinete.

In SOL online
23 de Novembro, 2011
por Margarida Davim
margarida.davim@sol.pt

[aviso] – Alguém necessita URGENTEMENTE de marcar uma consulta no neuro-psiquiatra…!!! Os sintomas são alarmantes!
Em Outubro de 2011, cortam-se os subsídios de alojamento; um mês depois (Novembro de 2011) dá-se subsídio de alojamento?
E acham que esta gente está nas devidas condições de sanidade mental para governarem o País? [/aviso]

 

E os burros somos nós!!!

IRS castiga subsídio de refeição


Proposta dos deputados do PSD e CDS agrava carga fiscal sobre o subsídio de refeição dos empregados por conta de outrem.

O “Correio da Manhã” escreve que o subsídio de refeição, pago pelas entidades patronais aos seus empregados, vai sofrer mais tributação em IRS. Os deputados da maioria (PSD e CDS-PP) vão mais longe do que o Governo e querem que todos os trabalhadores dependentes, que recebam uma ajuda à alimentação superior a 5,124 euros, paguem mais impostos.

A iniciativa dos dosi partidos estabelece uma penalização, em sede de IRS, dos subsídios de alimentação que excedam em 20% o limite legal estabelecido. Este ano, esse limite situava-se nos 6,41 euros, isto é, 50% acima do valor pago na Função Pública (4,27 euros). Na proposta de Orçamento do Governo o objectivo era penalizar todos os subsídios de refeição acima dos 5,55 euros por dia.

In Diário de Notícias online
23/11/2011

[aviso] – Para ajudar o gajo de Vancouver (ministro da Economia/Álvaro Santos Pereira) a ter direito a receber subsídio de alojamento, aqui está mais uma para ajudar a engorda destes BASTARDOS! Aumento do IRS nos subsídios de refeição! Toma e não pies! Os deputados fascistas ultrapassaram o governo e este, por sua vez, ultrapassa a troika! E digam lá que este quintal à beira mar plantado não é um país admirável, cheio de Sol, boas temperaturas (quase a chegar ao Inverno…)??? [/aviso]

 

Então macacada...???

Ministro da Economia recebe subsídio de alojamento


GOVERNO

Fotografia © Álvaro Isidoro / Global Imagens

O primeiro-ministro decidiu conceder subsídio de alojamento a Álvaro Santos Pereira e a três secretários de Estado, lê-se num despacho de Pedro Passos Coelho hoje publicado no Diário da República.

Assim, por não terem “residência permanente na cidade de Lisboa ou numa área circundante de 100 quilómetros”, receberão subsídio de alojamento o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, o secretário de Estado da Defesa, Paulo Braga Lino, o secretário de Estado da Economia e Desenvolvimento Regional, Almeida Henriques, e o secretário de Estado do Empreendedorismo, Carlos Alves de Almeida.

O valor do subsídio é de 75% do valor das ajudas de custo a que têm direito e que são calculadas em função da remuneração que auferem, lê-se ainda no despacho assinado pelo primeiro-ministro.

Esta questão dos subsídios de alojamento a membros do Governo esteve recentemente envolta em polémica depois de o Diário de Notícias ter revelado que o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, e o secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, recebiam este apoio apesar de serem proprietários de casas em Lisboa, embora a sua residência permanente fosse fora da capital.

Tanto Macedo como Cesário, que têm residência permanente em Braga e em Viseu, respectivamente, acabaram por renunciar ao subsídio de alojamento. O mesmo fez o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, em “solidariedade” com os dois “colegas de Governo”.

In Diário de Notícias online
23/11/2011
por Lusa

[aviso] – Para isto já não há crise… É para estes “subsídios” que vão o dinheiro dos nossos subsídios de férias e de natal, do IRS, do aumento do IVA, das taxas, do custo de vida… BASTARDOS! Andamos a alimentar esta canalha! [/aviso]

 

E os burros somos nós!!!

PSD e CDS querem subir ainda mais IRS nos subsídios de refeição


Impostos

Os subsídios de refeição que os contribuintes recebem vão ser ainda mais penalizados em IRS em 2012.

A intenção está patente numa proposta de alteração ao Orçamento para o próximo ano apresentada ontem pelo PSD e CDS.

A proposta de Orçamento do Estado para 2012 (OE2012) já previa um agravamento fiscal nestas situações, agora, a proposta da maioria parlamentar – que tem aprovação garantida – vai um pouco mais longe.

Actualmente, o subsídio de refeição é considerado rendimento para efeitos de IRS, mas apenas na parte em que ultrapassa “em 50% o limite legal estabelecido [6,41 euros em 2011], ou em 70% sempre que o respectivo subsídio seja atribuído através de vales de refeição”.

Segundo a proposta de OE2012, esta situação iria ser alterada e, na prática, o Governo fazia descer o limite a partir do qual havia lugar a tributação propondo que fosse considerado rendimento “o subsídio de refeição na parte em que exceder em 30% o limite legal estabelecido, ou em 60% sempre que o respectivo subsídio seja atribuído através de vales de refeição”.

Agora, o PSD e o CDS defendem que essa tributação aconteça sempre que o subsídio exceda “em 20% o limite legal estabelecido”, mantendo o limite de 60% para os subsídios atribuídos através de vales refeição.

Na proposta agora apresentada, os partidos da maioria parlamentar sublinham que pretendem com a mesma “dar estrito cumprimento dos compromissos assumidos pelo Estado Português ao abrigo do Plano de Assistência Económica e Financeira no que respeita à tributação do rendimento pessoal, bem como restringir as possibilidades de utilização abusiva do subsídio de alimentação como forma de remuneração desvirtuando o propósito da sua menor tributação da sua concessão e combater a fraude e evasão fiscais de forma mais (N.W.-texto não publicado na íntegra)

In Jornal Económico online
Económico com Lusa
22/11/11 11:20

Então macacada...???

Recessão mais profunda em 2012


Finanças: Debate na especialidade do Orçamento do Estado

Vítor Gaspar deixou ontem claro que a margem de negociação do Orçamento é reduzida

A economia vai resvalar mais do que o previsto em 2012 e a recessão irá agravar-se para 3%, acima dos 2,8% inicialmente estimados pelo Governo. Este novo cenário foi ontem reconhecido pelo ministro das Finanças, Vítor Gaspar, no Parlamento, durante o debate na especialidade do Orçamento do Estado.

Apesar do agravamento das condições económicas, o governante disse ainda que este ano o PIB deverá cair apenas 1,6%, e não 1,9% como estimava o Executivo. As duas alterações serviram de justificação a Vítor Gaspar para desvalorizar o impacto das medidas de austeridade na actividade económica. “Dado que os ajustes são da mesma ordem de grandeza e de sinal contrário, o efeito nas previsões macroeconómicas que integram o Orçamento é muito pequeno”, sublinhou o ministro.

Vítor Gaspar fez ainda questão de deixar claro ao PS que “para discutir alterações [às medidas de austeridade] é necessário que a diminuição de receitas seja compensada pela diminuição de despesa ou pelo aumento de receita”. E lembrou que a regra de corte de 2/3 na despesa do Estado e 1/3 do lado da receita “é ponto de honra e importante para os parceiros internacionais que seja respeitada”.

Aos funcionários públicos, que juntamente com os pensionistas vão sofrer cortes nos subsídios de férias e Natal do próximo ano, Vítor Gaspar teceu rasgados elogios ao empenho que permitiu ao País passar na avaliação da troika.

Hoje, o PS apresenta propostas de alteração ao Orçamento que contemplam, além da devolução de um subsídio aos trabalhadores do Estado e reformados, um aumento em 5% sobre o IRS de montantes superiores a 500 mil euros. Na direita, PSD e CDS preparavam ontem propostas conjuntas.

A execução orçamental de Outubro, cuja divulgação estava prevista para ontem a meio da tarde, foi atrasada em virtude do debate parlamentar .

GOVERNO RECUA NA ALTERAÇÃO DAS TABELAS SALARIAIS

O Governo recuou na intenção de alterar as tabelas salariais dos funcionários públicos. Depois de na sexta-feira o secretário de Estado Hélder Rosalino ter anunciado que o Governo iria “preparar, até ao final de 2012, uma revisão dos escalões salariais do sector público”, fonte oficial do Ministério das Finanças assegurou ontem que “o Governo não tem intenção de mexer nas tabelas salariais da Função Pública” e que “não haverá cortes” nem “mexidas nas tabelas”.

In Correio da Manhã online
22/11/2011 | 01h00
Por:Diana Ramos/ Cristina Rita

[aviso]  – A cara da INCOMPETÊNIA…!!! R U A…!!! [/aviso]

E os burros somos nós?!

Então macacada...???

Madeira gasta € 3 MILHÕES em iluminações e fogo de artifício


Governo Regional da Madeira prevê gastar três milhões de euros nas iluminações de Natal e no fogo de artifício do final do ano. Parte da depesa será canalizada para o Orçamento de 2012 por falta de liquidez.

In Expresso online
14:44 Segunda feira, 21 de Novembro de 2011

E os burros somos nós?!

Então macacada...???

 

Erro no OE: maioria vai dar mais dinheiro à Madeira


OE2012

O Governo detectou um “erro” na proposta de Orçamento do Estado para 2012 que, ironia das ironias, levará hoje a maioria PSD/CDS a propor uma alteração que dará mais dinheiro à Região Autónoma da Madeira e menos à Região Autónoma dos Açores, confirmou o DN.

O bolo das transferências para as duas regiões não será alterado, mas apenas a respectiva distribuição das verbas. E o que a Madeira terá “reposto”, nas palavras da maioria, é ainda “substancial”.

Segundo fontes envolvidas no processo, o erro na versão original do Orçamento (que beneficiava o Governo de Carlos César) terá tido origem na direcção-geral do Orçamento (que foi já liderada pelo actual secretário de Estado do OE). Numa fórmula complexa – que dita a distribuição de verbas pelas regiões -, terá sido colocado um valor errado numa das parcelas, o PIB açoreano, que era assim sobrevalorizado. Conclusão: hoje haverá proposta de correcção ao OE2012, vinda das bancadas do PSD e CDS, para repor as verbas correctas. O Governo Regional de Carlos César já foi avisado que vai ter menos verbas transferidas do que aparecia na proposta do OE, sendo certo que o sinal de alerta já foi disparado, por se perceber que a matéria pode levantar polémica na Assembleia.

Nas propostas que PSD e CDS se preparam para apresentar há outras que visam a Madeira. Como uma relativa ao estatuto dos benefícios fiscais, que visa proteger mais a zona franca – segundo fontes da maioria – face a outras zonas de impostos reduzidos para empresas, como a da Holanda.

Outra alteração vai beneficiar Madeira e Açores. É que vai cair a norma prevista na proposta do Governo que proibia as duas regiões autónomas de contratar funcionários públicos. Ora, o Governo foi alertado para a possibilidade de a norma ser inconstitucional (por violar a autonomia administrativa das Regiões) e PSD e CDS devem hoje retirar essa proposta.

Ontem, as duas bancadas aguardavam ainda informação do governo para perceber até que ponto o mesmo objectivo (restringir contratações e, portanto, mais despesa nas regiões) podia ser atingido com outro tipo de articulado, eventualmente com cortes adicionais nas transferências.

Também o PS_prepara propostas de alteração, prometendo alternativas a vários cortes.

»»»» alguns dos comentários do jornal online:

– PASSOS COELHO, O MAIOR EMBUSTE QUE APARECEU EM PORTUGAL, O PINOQUIO ERA UM MENINO DE CORO AO PÉ DESTE.

– E A MADEIRA VAI GASTAR 3.000.000€ DE EUROS COM A ILUMINAÇÃO DE NATAL DADA DE MÃO BEIJADA SEMPRE A MESMA EMPRESA DA FAMÍLIA DOS AMIGOS DO JARDIM, ALGUÉM PÕE COBRO A ISTO???????

– Atente esta fotografia: Passos Coelho e Joao Jardim a rir-se de todos os portugueses, nomeadamente dos do CONTINENTE!!!No beija a mao a Joao Jardim! Francamente…estes Senhores na gargalhada quando h´a portugueses na fome e na miseria!!!

– Está-se mesmo a ver que a verba inicial não dava para pagar o foguetório do fim-de-ano e as luzinhas para enfeitar as ruas do Funchal na quadra natalícia, ou seja, faltavam 3 MILHÕES! Assim se alimenta o “bobo” Alberto João que, diga-se, não tem nada de parvo. Parvos somos nós, os “cubanos do Contnente”!

– Sr. Primeiro Ministro é para isto que quer os subsidios de férias e de natal dos F.P.? È para dar à Madeira o que nos vão descontar este ano no subsidio de Natal? Ou é para o BPN? Esteja à vontade para nos descontar mais alguma coisinha no nosso ordenado. O próximo passo é nós pagarmos par irmos trabalhar? È uma ideia, que tal? È necessário fazermos o que fizeram os gregos para esta pouca vergonha acabar? Partido Social Democrático (PSD)? De Social não tem nada muito menos Democrático.

– Que vergonha … Isto é de bradar aos céus!… O Mentiroso do Coelho em vez de responsabilizar o correligionário da Madeira pelo desvio de 1,6 mil milhões (facto detetado e denunciado pela Troika) que nós vamos ter de pagar, com sacrifícios acrescidos aos impostos pela Troika, risse dos portugueses e beija na boca o Bokassa Jardim… Não te indignes, não… fica caladinho como quer o Coelho… Não te manifestes nem te revoltes… Só pela offshore da Madeira fojem ao fisco 1,2 mil milhões de euros por ano (Suite 605-ed. da Smartbook, João Pedro Martins)

– Os interesses continuam. Portugal está banhado de máfia financeira, como tal, esta noticia não é de estranhar.

– Sim esta foto mostra a porcalhada que são estes politicos, é pena não mostrarem o beijo.

– O Sr. Marcelo anda muito mal informado, quando diz que o Alberto não engordou, que todo o dinheiro foi gasto em obras na Madeira.Pois apenas diz isto porque é um mentiroso, sabe bem as empresas que tem este senhor na Madeira e os seus capangas.O mal destes Senhores é que todos perderam a vergonha.Vão para a televisão dar lições de moral, com a pança bem cheia. Vejam se ao espelho e nem sequer vão sair de casa.

– Os governos civis continuam a funcionar com os secretários e os funcionários. Tudo na mesma como no dia da tomada de posse do primeiro-ministro, só se foram os governadores.

– É que dá o povo IMBECIL E CRIMINOSO votar em TRAIDORES E CRIMINOSOS, agora POVO IMBECIL PAGA para essa gente continuar a gastar e a viver à grande e há Francesa. Já sei que haverá muitos comentadores IMBECIS que não gostam que alguem lhes atire à cara as verdades dos factos. E a verdade dos factos é que depois de deitaram abaixo a DITADURA o povo tem sistematicamente elegido e votado em CRIMINOSOS E TRAIDORES que levaram Portugal À FALENCIA TOTAL E HÁ PERDA DA SUA SOBERANIA.Esse Criminoso do Alberto João Jardim já adjudicou a uma empresa de um ex-deputado do PSD cerca de 3 milhões de euros para as luzes de natal e arrebentar em fogo de artificio, AGORA POVO IMBECIL PAGA A FESTA pois em 2012 e 2013 se fores F.P. diz adeus aos subsidios.

– Para isto o procurador faz-se de” morto”

– Esta foto faz-nos saber quanta imundice existe nos nossos politicos…

– Imaginem se o Joao Jardim fosse do Partido Socialista. O Passos fara uma Campanha de bota-abaixo tal como a fez quando dizque encontrou um BURACO nas contas apresentadas pelko PS, Por isto e por outras penso que o Passos e um CHARLATAO..

– Desvio nas contas da republica: 1,6 mil milhões desviados na Madeira, pelo PSD (denúncia da Troika) e 4 a 5 mil milhões “investidos “no BPN (o Banco dos PSDs) para o sanear e devolver aos mesmos (Mira Amaral/Américo Amorim). O dr Coelho “vendeu” o BPN por 40 milhões (?) de euros… Não é preciso ser-se Miguel Relvas para se fazer bons negócios… limpos, transparentes!…

– Se querem saber com quem estamos a lidar, consultem este site e então depois falem———————————————–http://pt.wikipedia.org/wiki/Nova_Ordem_Mundial_(teoria_conspirat%C3%B3ria)

– Devemos todos enviar a ” Perguntas a Marcelo ” O que pensa sobre o subsídio dos portugueses ser gasto em fogo e iluminação da Madeira , se é para testes buracos colossais o nosso subsídio ! Como erra o governo no OE em relação à Madeira e está tão convicto da não existência de almofadas !

– A Nova Ordem Mundial é uma teoria conspiratória, na qual um grupo poderoso e secreto está planeando dominar o mundo através de um governo mundial único. Seria um plano com o objectivo de derrubar governos de todo o mundo, bem como erradicar em todo o mundo todas as religiões e crenças, para unificar a humanidade sob uma “nova ordem”, que seria baseada em uma ideologia extremamente uniforme, uma moeda única e uma religião universal. Acontecimentos históricos e actuais são vistos como passos de um curso planeado para governar o mundo principalmente através de uma combinação de políticas financeiras, corrupção política, engenharia social, controle mental, e o medo à base da propaganda (cultura do medo)………….pesquisem Nova Ordem Mundial

– Mas a democracia serve na perfeição essa Nova Ordem Mundial! Cria a divisão no interior da nação da classe mais forte a dos trabalhadores BURRRROOOS telecomandados para que as FORTUNAS uma minoria governem ao serviço dessa Nova Ordem Mundial, protegida politicamente pelos parlamentos, protegida militarmente pela NATO, judicialmente pelos Juízes e PJ e vendida pela comunicação social em espeical a RTP, SIC e TVI! Assim não admira que a COMPETITIVIDADE seja consumida com saída quando é ela que provoca a CRISE que torna as FORTUNAS ESTARNGEIRA cada vez mais donas e MAIS RICAS!

– A globalização é um dos processos de aprofundamento da integração econômica, social, cultural, política, que teria sido impulsionado pelo barateamento dos meios de transporte e comunicação dos países do mundo no final do século XX e início do século XXI. É um fenômeno gerado pela necessidade da dinâmica do capitalismo de formar uma aldeia global que permita maiores mercados para os países centrais (ditos desenvolvidos) cujos mercados internos já estão saturados. O processo de Globalização diz respeito à forma como os países interagem e aproximam pessoas, ou seja, interliga o mundo, levando em consideração aspectos econômicos, sociais,culturais e políticos. Com isso, gerando a fase da expansão capitalista, onde é possível realizar transações

– O Partido dos Pobres foi sempre contra a globalização porque a existência das prças Offhsores em conjunto com as bolsas de valores permitem escoar TODO o lucro para Offshore deixando os mercados nacionais sem margém! Portanto enquanto os políticos ao serviço das fortunas evangélicas e rainhas diziam que a GLOBALIZAÇÂO ia trazer cresciemnto, o PdP chamou logo corruptos e vendidos a Mário Soares, Durãop Barroso, Paulo Portas e a Cavaco Silva! A prova está aí a falsa competitividade em mercado livre com lucros para Offshore só criou CRISE, pelo que ficou provado que Mário Soares, Durãop Barroso, Paulo Portas, Cavaco Silva PSD, CDS, PSD, BE são políticos corruptos e vendidos ao serviço das fortunas evangélicas e rainhas de que fala GLOBALIZAÇÃO

– É assim, hihi!, Portugal pediu dívida, dessa dívida financiou a Madeira! Alberto, achou que não chegava e pediu mais 6 mil milhões, palavras de Alberto! Somando um total de dívida PSD Maderense de 12 mil milhões de euros! hihihihi! O acordo PSD é o seguinte os 6 mil milhões da dívida nacional os maderenses porque votam PSD não pagam, hihihi, os outros 6 mil milhões vão ser negociados, vai haver palavras duras, zanga faz de conta e Alberto vai supostamente ceder a pagar 4 mil milhões que depois de aumentar o financiamento ao PSD Madeira no OE, os maderense ficam a pagar ZERO! Ficando o Continente a pagar os 12 mil milhões que o PSD Madeira gastou, estas contas o PCP e BE também sabem, mas vão fechar os olhos e PSD/CDS prometem encher a greve

– Erro no OE quantos erros mais havera sem se dar por eles.Que moral e responsabilidade têm um primeiro ministrode dizer que houve um erro numa coisa que foi debatida e descutida. Com politicos assim nâo há solucâo para Portugal.O Continente aperta o cinto e o Jardim alarga o dele, isto depois de se sabar do descalabro do dinheiro na Madeira.

– Alberto João Jardim adjudicou sem concurso as iluminações a uma empresa por mais 500000 € que a proposta apresentada a concurso. O concurso foi lançado tardiamente para poder depois, face à urgência, atribuir a empreitada a quem ele quis. A SIRAM, a empresa escolhida é de Silvio Santos, ex-deputado PSD, e é a empresa que garantiu todos os palcos e instalação sonora ao PSD durante as campanha eleitorais nos últimos 20 anos, e ganhou nos mesmos anos as iluminações sem concurso ou com concurso feito à media. Na Madeira não existe ministério público para investigar estas trafulhices?????

– Um foguete no c. de cada um deles…ainda era pouco!! Na Madeira o dinheiro continua, não há despedimentos, e P. Coelho é um aldrabão..

– Há muito que sabemos, que este governo nos anda a mentir com quantos dentes têm.Mas a falta de ética a este ponto é acaba por ser ridículo.V.Exª sr.1º ministro tenha vergonha nessa cara.Antes que a maioria dos portugueses se aparceba.Um amigo.

– Cáfila, o mesmo que um bando de camelos. Mentirosos e incompetentes. Retrato de um Governo maldito

– SERÁ MESMO ERRO? Veja o vídeo: http://***.youtube.com/watch?v=xcNOHwfPIv4

– entao vamos combater o sistema, vamos combater a nossa democracia, vamos combater a nossa constituicao, vamos combater o que está mal e permite que o roubo seja permitido. Acusar os brasileiros, romenos, a direita, a esquerda, a Madeira,nao nos leva a lado nenhum. Só uma constituicao séria nos permite mudar de vida.

– Qual erro, Passos Coelho pensa que todos nós somos parvos vale apena gastar muito, quanto mais Alberto João gasta más passos lhe dá,bandidos só assa-los todos na fogueira,se houve um erro que rectifiquem uma vez que o Plano ainda não foi aprovado na especialidade. É o dar muito à Madeira que faz com eles se riam todos e agora vão gastar 7 milhões só em animação e eluminação, basta de tanto esbanjar e nós a pagarmos. Cadeia com eles todos. Bandidos, bandidos. Independência para já eles que bastem a si próprios e acabou-se a mama. Haja moralidade.

– É isso, de facto o drama é não se vislumbrar qualquer ALTERNATIVA… o fim da Guerra Fria foi um drama, porque desequilibrou as forças… o Bloco de Leste para o bem e para o mal constituía um equilíbrio, bélico, perigoso portanto, mas era…! Ainda tenho uma esperança pelo facto dos cidadãos do Mundo estarem em rede, mas até ao momento os Ultraliberais estão a usá-la a seu favor, ficou provado com a queda de Kadafhi…usaram os próprios líbios para derrubar o Regime Líbio…, os verdadeiros interessados limitaram-se a fornecer armas aos “rebeldes” e a fazer uns tantos raids aéreos. Muito eficaz e menos dispendioso do que a invasão do Iraque, que ainda por cima custou milhares de vidas americanas …

– Gostava muito de não ter que lhe dar razão, infelizmente tenho de o fazer. A situação a nível global é dramático por culpa de meia dúzia de milhar de agiotas aos quais de forma efeminada chamamos ultra-liberais. São sanguessugas insaciáveis e com a consciencia tão embutida que não olham a meios para atingir fins, são perfeitamente capazes de subir um montão de cadáveres para alcançar qq objectivo desejado. Gostei de trocar impressões consigo, apenas o senão do anónimo… mas sejamos condescendentes. Fique bem.

– A culpa é do socartes…

– Quem é esse gajo?

– Com isto td verificamos que estes srs PSD e CDS-PP, erram mt e tb se enganam. Ainda não se lembraram que a culpa é do PS… Vergonha de gentalha! Para qd o julgamento do sr Dias Loureiro?

– Aquele sorriso cinico e aquela mãozinha nas costas , tipico de Tuga mal formado e brujeço!

– Esperavam o quê?Um primeiro ministro a quem o pai diz que teve que tirar a mesada aos 32 anos, coisa que eu nunca tive.Agora somos nós que temos que lha dar.Isto para não falar daquele que foi visto muitas vezes no parque Eduardo VII á procura de menores.O que querem as pessoas deste país que até gostam de ser governados por ladrões, pois até votam em pessoas condenadas a vários anos de prisão por roubarem o nosso dinheiro.Tenham vergonha e não se queixem……….

– Isto tem um nome — INCOMPETÊNCIA —! Mais uma vez, estamos a ser confrontados com a hipocrisia deste Passos Coelho… Afinal o PS tinha razão, qd dizia que o governo não tinha necessidade de cortar nos subsídios dos reformados, pq havia folgas suficientes. Estamos a ver para quem eram as folgas… para o amiguinho Jardim. Esta gentalha não tem Vergonha!

– Incompetência meu caro?Isso é um luxo? porcaria!Pois são todos da mesma trampa!

– Vamos nos continuar a sustentar estes parasitas madeirenses até quando? Não vão haver subsídios suficientes para suportar tanto parasita da Madeira…

– Então o Jardim não quer a independência? Para já! Fique com a Madeira e governe-se como puder! Agora termos que pagar pelos erros desta cambada à descarada metem-nos na mão no bolso e de seguida riem-se na cara dos portugueses… pelo desaire de desgoverno… Rua com a cambada PSD e CDS-PP!

– Sousa Tavares realça que no caso Bernardo Bairrão “talvez se possa falar do poder da televisão se ficar provado que foram influências da Ongoing que contribuíram para a demissão”. O antigo comentador da TVI e actual comentador da SIC não acredita que o alegado sms de Manuela Moura Guedes para Pedro Passos Coelho tenha tido influência no caso.”Francamente, não estou a ver a Manuela Moura Guedes com esse poder, nem o Pedro Passos Coelho com essa estupidez, portanto não acredito. Creio que foi mais importante e que há muitas coisas misteriosas a passarem-se neste país, mas que muitas delas conduzem sempre ao mesmo lado: Ongoing”, diz, manifestando a opinião de que existem manobras para oferecer a RTP à empresa.

– Afinal sempre havia a tal “almofada e folgas”… estavam a guardar estas folgas para o “amigo” Jardim. que vergonha de país com esta cambada a governar, não vamos longe… que triste sina a deste país! Portugueses, correr com a cambada, tds para GREVE GERAL.

– AINDA DIZEM QUE ESTES SÃO OS ESPIÕES DA CONFIANÇA DOS SOCIALISTAS! – A DIREITA QUER FAZER A LIMPEZA TOTAL E MONTAR UMA PIDE À MANEIRA FASCISTA: – QUANDO ELES ESTÃO LÁ ENCAIXADOS ATÉ AO TOPO – Desde o contínuo à telefonista – aos sub-chefes e chefes. conhecem todos os segredos e cantos da casa: estão lá desde o tempo de Cavaco silva. Por estarem tão informados, é que andam com estas rocambolescas histórias, só para baralhar a opinião pública: quando comem todos da mesma panelinha: só que eles são muitos e as RTP e as empresas públicas, não dão para todos – para todas as jogadas sujas——————————————————–http://***.opolvodanoticia.com/2011/08/passos-coelho-portas-secretas-nova-pide.html

– So num pais sem rei nem roque e que O CRIME COMPENSA !!!!!!! MADEIRA +

– Essa informação da nova PIDE, obteve-a aqui na NET…? Qual foi a pesquisa…? obg

– Rouxinol , estás a comprar uma má guerra !! Com esta planta vais sair picado e desagradar ao teu amo de Massamá!

– Meu caro lamento não poder dar-lhe essa informação mas as fontes nunca devem ser denunciadas, acabava-se a galinha dos ovos de ouro. Contudo posso dizer-lhe que olhe um pouco mais longe, para além da NET. Por exemplo há embaixadas que estão interessadas no que aí se passa, ou mesmo movimentos comerciais estrangeiros com interesses por esses lados, são apenas dois exemplos a ter em conta, mas há muitos mais.

– Essa informação é confidencial, mas de fonte fidedigna! Também já é do meu conhecimento…

– Ou este título está mal redigido e induz em erro… ou está tudo louco! Fazem uma verdadeira extorsão a vencimentos e pensões, aumentam impostos e preços… e afinal há euros em excesso que se podem dar para o soba da madeira queimar? É mau demais para ser verdade!

– A VIOLÊNCIA tem que ser proporcional à AGRESSÃO…é um bom conceito Democrático que até as nossas policias usam

– Esperem meus caros!A Nova Ordem Mundial tem como objetivo estabelecer o caos em todas as economias Mundiais!O chip será implantado a força!Pois quem não os tiver, será impedido de sobreviver por ser impedido de comercializar! A polícia de todas as nações terá como o objetivo destruir as populações que se revoltaram contra os governos!Campos de concentrações já foram construidos em todos os Estados Unidos para esse objetivo! Podes crer que também outros paises também construiram esses campos!É a chegada do Anticristo no poder!Coitado de nós pobres!Seremos todos rastreados e exterminados!Não temos como nós nos proteger!O que está escrito já está acontecendo!Tempos do dito Anticristo no poder já está se concretizando!Analisem o que está a ver

– … andas a ver demais os “Ficheiros Secretos”….

– Sim, o Bokassa quando falou nas secretas estava a referir-se às hostes corruptas dentro do seu partido, alguns até ocupam altos cargos …em relação ao PS, até hoje só INVENTONAS…nada foi provado…agora que o dinheiro desapareceu do BPN, não há dúvida…e Dias Loureiro fugiu para Cabo Verde, Oliveira e Costa, Duarte Lima também lá andaram, este último até fez uns servicinhos no Brasil, Isaltino foi condenado, mas não lhe apeteceu ir preso…vai processar a juíza que o prendeu… a Ministra da Justiça e o PR dizem que não interferem em casos de policia e na justiça…não têm nada a ver com isso…não é da competência deles……..ahahah

– Sou pacifica, sou contra a violência. Não aprovo os movimentos de revolta que se tem verificado nos restantes países da Europa. Mas convenhamos que os nossos politicos estão a ultrapassar todos os limites.

– Esse teu sorriso cinico Passos, um dia vais engolir!

– Eu estava a referir-me ao Plano Global liderado pelos Bilderberg e Banca Internacional Ultraliberal, que óbviamente tem a ver com a divida colossal dos EUA, com as politicas desenvolvidas pelos Países produtores de petróleo, da não exclusividade do dólar, aceitando outras moedas nas transacções petrolíferas, que praticamente liquidou os Petrodolares precarizando bastante os EUA, resultando daí um feroz ataque à Europa que visa destruir o EURO…! Mas essa situação que nos descreve da recriação da PIDE, nesse estado já tão avançado, é preocupante…! Mas não me espanta, porque eu li que nesse tal Plano Global, que está previsto a introdução de um chip de identificação, em todos os cidadãos…

– É infelizmente verdade, uma assustadora verdade, aquilo a que chama de plano global bem como foi directo ao apontar alguns dos autores. E é uma assustadora verdade porque sabemos, a história tem-nos contado, como acabam estes casos, com a agravante que, desta vez, os sortudos serão aqueles que morreram, tão terrível será a herança dos sobreviventes! Neste momento não há qq outra alternativa, apenas tempo e já muito pouco!

– A ” fórmula Complexa “é que se a fórmula fosse simples qualquer um descobriria que estamos todos a ser levados. Não apareceu 1 Governo da Républica que consiga dizer não a Jardim. Qual a carta que ele tem na manga contra tanta gente , talvez nunca saibamos. Quanto ao dinheiro Jardim vai gastá-lo com iluminações de Natal em vez de pagar aos credores, para esses virá mais tarde pedir dinheiro aos cubanos

– Então vamos tratar já da independência da Madeira! Mata-se o bicho e acaba-se com a peçonha!

– Este país é de tolos. O 25 de Abril está adormecido.

– GOVERNOS PSD SÃO ISTO MESMO, O QUE ESPERAVAM? TRISTE POVO QUE NÃO TEM MEMÓRIA. ATENÇÃO SOU APARTIDÁRIO POIS NÃO ACREDITO NOS POLITICOS. E JÁ AGORA PORQUE É QUE O GOVERNO NÃO CORTA O FINANCIAMENTO DE MILHÕES AOS PARTIDOS QUE SUSTENTAM CENTENAS DE PARASITAS COM O NOSSO DINHEIRO. JÁ CHEGA NÃO! E AINDA CHAMAVAM PINOCRATES AOS SÓCRATES E QUE TAL AGORA CHAMAREM PEDRO PINÓQUIO COELHO, LEMBRAM-SE DO QUE ELE DISSE E PROMETEU? ACREDITARAM AGORA PAGAM, POR ISSO É QUE VOTO MEU NÃO LEVAM SEJA PS, PSD,PCP,BE ETC. SÃO TODOS FALSOS.

– A pergunta que se impõe é: por que razão não se dá a independência à Madeira? Ontem já era tarde.

– Fico contente, Mário, por reconheceres que Sócrates era mentiroso mas também espero que nao te esquecas que quem deu mais dinheiro á Madeira foram Guterres e Sócrates. Nao te esquecas também que disseste que as hostes corruptas tem medo que Alberto Joao ponha a boca no trombone o que quer dizer que Alberto Joao nao tem nada a esconder, as tais hostes do Estado sim. Afinal ainda há que reconheca em AJJ o homem digno.

– Reza um anónimo Rouxinol ; ….fico contente , blá blá . Mas que contentamento ? Por estes comentários se vê que o que aqui se discute é quem são os piores ! Se há uns cretinos que repassam dinheiros obscenamente , há outros cretinos , ao qual se junta o qualificativo de vigaristas que o gastam sem que quase ninguém , a não ser os beneficiários directos , saiba como ! Para culminar , há os cretinos-mor , que vendo as realidades as distorcem , com sofismas capciosos , obedecendo a uma lógica de mentira sistemática , aproveitando-se miseravelmente de uma ignorância e falta de formação de um povo que anda a ser embrutecido há décadas! Grande façanha a de apregoar que se vê em terra de cegos !

– Vou cumprir o velho ditado, «Não há regra sem excepção» Por norma não respondo a”anónimos”mas está no seu direito de não querer”dar a cara”.Pois caro Snr/a, o q eu disse não faz de AJJ um santo.Nem Guterres, nem Sócrates, nem Cavaco, ou Mário Soares.São todos farinha do mesmo saco. Todos estes “mafiosos” têm as mãos sujas e consciências bem pesadas, ou não, atendendo q qualquer bandido, não se arrepende dos seus crimes.E nem sequer me passa pela cabeça q AJJ seja uma pessoa digna de respeito e séria. Mesmo confessando q escondeu as trafulhices e enganou a Nação, atente no seu passado.Ele e outros como ele, merecem o mesmo destino. Nem q seja o povo a fazer justiça, pelas próprias mãos.Fico grato q a sua memória é igual á minha. Não é curta.

– Os boys aqui colocados para defenderem o partido, estão cada vez mais sofisticados, parabéns ao aparelho de desinformação do estado! Este que comentou pelas 11,49 é já um razoável distorcedor da verdade, um bom contra-informador. Consegue, quase de forma perfeita, perverter o sentido de um comentário. Fica um aviso aos restantes comentadores, não alinhem numa sardinhada com este comentador porque ele puxará todas as brazas para a sua sardinha!

– Isto está a ultrapassar todos os limites (ou já ultrapassou). A greve geral do dia 24 será apenas um fraco sinal: este governo “merece” muito mais!

– Não faço qq comentário, deixo à consideração de terceiros depois de lerem os artigos aqui referenciados no DN de hoje. 1)- Erro no OE: maioria vai dar mais dinheiro à Madeira (página início, este artigo) 2)- Jardim gasta três milhões em iluminações de Natal (paginas início e economia) 3)- Natal 2011: o apagão (pagina Portugal) Contrariamente ao meu costume repeti este comentário para acrescentar algo que considero pertinente « ajj esteve, creio que a semana passada, em conversações, que ele próprio afirma serem sempre fáceis e amigáveis com o snr. silva, e também com ppc, mais uma ilação a ser tida em conta». Siga o bailinho que ainda há música!

– Mas que “inteligentes” q o Little Bunny, o Mister Bean et allia me saíram: eles até sabem fazer erros!Parabéns, jornalistas, a fotografia está bem escolhida e mostra bem como, na mais recente comédia portuguesa, não só o público se ri das personagens como os actores se riem do público. Óscar bem merecido pela originalidade.

– Se dúvidas houvesse, ficou claro perante a Nação inteira que PEDRO PASSOS COELHO e toda a corja da maioria que assaltou o poder ainda conseguem ser mais mentirosos, habilidosos e descarados que Sócrates. Não nos queiram fazer de imbecis. Salta á vista de todos a chantagem que o régulo da Madeira, exerceu nos corruptos. “Ou me dão mais dinheiro ou ponho a boca no trombone”. Terá sido assim que as hostes corruptas do aparelho de estado alaranjado tremeu, arriou as calcinhas e ingénuamente quer fazer-nos acreditar num erro “matemático” no OE, quando se gabou do rigor com que ele foi elaborado. Hoje tinha prometido não intervir no fórum, mas como ficar calado? Temos de os começar a eliminar um por um. Só assim acabarão de vez com a corrupção.

– Num estado em que aqueles que têm a seu cargo exercer o contra-poder , ou são meros figurantes passivos ( PGR ) , ou são uns cínicos encenadores de show-off político de quando em vez ( PR ) , ou meras figuras decorativas regimentais , para criar a ilusão que existe uma democracia ( Oposição ) chegamos ao grau zero de civilidade e cidadania . O povão , só em parte é responsável , pois décadas de acarneiramento , fizeram deles uma ovelhas mansas , cuja única reacção que têm é um ” méeéé ” como resposta a tudo .Esta é a realidade e não nos iludamos . A populaça irá pagar e muito caro , esta cobardia colectiva que nunca se atreve a por em causa !

– Caro Fox, podemos sempre fazer um ajuste directo, com alguns, para não perder tempo, não sei se compreende…Acredite que connosco estão muitos milhares de cidadãos, desejosos de lhes por as mãos em cima…Não tarda muito! A época da caça ainda está no adro…

– Eu sei Caro Mário o que esta corja precisava, mas sozinho não sou capaz.

– Tens bom remédio, peçam a Independência…os Cubanos agradeçem……..vão mamar pró c*******

– Continuamos com a velha política de quem mais tem mais vai receber… Enfim o normal na nossa sosiedade

– Já começa a pouca vergonha.

In Diário de Notícias online
21/11/2011
por DAVID DINIS

[aviso] – Só o de olhar para a imagem… DÁ VÓMITOS…!!! [/aviso]

 

 

Governo recua e não vai alterar tabelas salariais


FUNÇÃO PÚBLICA

Fotografia © Paulo Spranger/Global Imagens

O Governo garantiu hoje que não vai mexer nas tabelas salariais dos funcionários públicos, apesar do anúncio feito na sexta-feira pelo secretário de Estado da Administração Pública de querer aproximar o sector público ao privado.

“Não vão haver cortes e não há intenção de mexer nas tabelas salariais dos funcionários públicos nem este ano nem nos próximos”, disse à Lusa fonte oficial do ministério das Finanças.

O secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, anunciou na sexta-feira que o Governo irá preparar uma revisão das tabelas salariais do sector público até ao final de 2012.

Hélder Rosalino afirmou que a medida se insere no âmbito de uma revisão do memorando de entendimento acordado entre o Governo e a ‘troika’ – Banco Central Europeu (BCE), Comissão Europeia (CE) e Fundo Monetário Internacional (FMI).

“Posso anunciar que no âmbito da revisão do memorando assinado entre Portugal e a ‘troika’, está prevista a execução de uma nova medida a cumprir no âmbito do programa de assistência financeira: até ao final de 2012 será feita uma revisão dos escalões salariais no sector público”, anunciou.

Hélder Rosalino afirmou que o objectivo era o de eliminar “discrepâncias que possam existir entre os sector público e o sector privado”, mas reconheceu que terá de ser feito um estudo, no próximo ano, para avaliar a situação real do país nesta matéria, mas sem adiantar datas.

O secretário de Estado falava numa intervenção proferida no seminário “A Europa e as administrações em tempos de crise”, promovida pelo Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE), que decorreu em Lisboa.

In Diário de Notícias online
21/11/2011
por Lusa

[aviso] – O desnorte neste pseudo-governo já é tanto, que nem sabem lá muito bem o que dizem hoje e desfazem amanhã… Aconselho o Gasparzinho a comprar (o ordenadito dele dá muito bem para isso) um Tablet com 32 GB a fim de andar sempre com as cábulas sobre o que diz e o que faz para não andar sempre em desatino com as contradições… Pá! Se a incompetência pagasse imposto, já vocês não necessitavam de ROUBAR os subsídios de férias e de natal porque vocês andavam todos carimbados! [/aviso]

 

E os burros somos nós?!

Passos Coelho diz aos jovens que o futuro do país está nas mãos dos portugueses


JSD

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje, em Vila Real, que o futuro do país está nas mãos dos portugueses e que o tempo que está a ser preparado não é determinado apenas pelo exterior.

Depois de ter visitado a Santa Casa da Misericórdia de Vila Real na qualidade de primeiro-ministro, Passos Coelho vestiu o fato de presidente do PSD e juntou-se a um encontro da Juventude Social Democrata.

A falar para cerca de 100 jovens, o líder nacional deste partido quis deixar a mensagem de que o futuro do país está nas mãos dos portugueses e também na destes jovens.

“Não acreditem nos determinismos que certa pseudo elite vai vendendo no país, como se tivéssemos que estar derrotados perante as circunstâncias, a rasto dos acontecimentos e ficássemos esmagados pelos desequilíbrios que se acumularam ao longo de anos”, frisou.

Passos Coelho afirmou ainda que o tempo que está a ser preparado “não é determinado apenas pelo exterior”, mas depende também das “nossas escolhas”.

“Nós podemos escolher e à medida que formos ganhando a confiança daqueles com quem fizemos estes contratos, eles próprios se irão convencendo que nós não precisamos de ser aqui uma espécie de protectorado onde nos dão as ordens e as indicações sobre o que devemos e como devemos fazer”, sustentou.

Desta forma, acrescentou, “eles perceberão” que Portugal tem “autonomia”, “sabe o que quer” e vai “lutar para chegar onde interessa”.

“Não para dar uma satisfação ao exterior mas porque devemos isso a nós próprios”, frisou.

A Comissão Política Nacional da JSD iniciou hoje a digressão do curso de formação sobre a “Ideologia e a Estrutura da JSD, Saber +”.

Este curso tem como objectivo geral apresentar, divulgar e sistematizar a ideologia social democrata e explicar a estrutura organizativa da JSD e destinou-se às regionais de Vila Real, Porto, Braga, Viana do Castelo, Bragança, Guarda e Viseu.

»»»» comentários do jornal online:

– Não continues a aldrabar, bétinho! BASTA! Cava, desaparece, NÃO VALES A PONTA DE UM KORNO COMO PM, pá! Mentes com quantos dentes tens na cara e como não tens um pingo de vergonha na fronha, continuas a fazê-lo e desta feita ao jovens! O futuro do País, a continuar com a tua política de lambe-cus da dupla colonialista Merkozy, é a miséria total, a perda da nossa soberania, do nossa dignidade como Povo e não, como afirmas, nas mãos dos Portugueses! Está sim, nas nossas mãos, darmos a volta a toda esta merda de política ultra neoliberal social-fascista e colocar-te no olho da rua, levando atrás toda a canalha política da tua cor.

In Destak online
19 | 11 | 2011 18.33H
Destak/Lusa | destak@destak.pt

Passos Coelho: “Não foi só o Estado que gastou mais do que devia”


Declarações de primeiro-ministro

“É preciso recorrer menos ao crédito. Não foi só Estado que gastou mais do que devia. Pessoas e famílias também o fizeram, por isso têm tantas dívidas à banca” disse hoje o primeiro-ministro.

Já em relação às propostas do PS para manter o IVA em três áreas, Passos Coelho disse não ser possível “substituir receita por não receita ou corte de despesa por não corte de despesa”, rejeitando a possibilidade de serem aceites propostas que façam aumentar o défice do Orçamento de Estado.

Recorde-se que as propostas socialistas pediam a manutenção do IVA na restauração, cultura e alimentação para bebés.

»»» alguns dos comentários do jornal online:

– ESTE HOMEM SÓ GOVERNA PARA PARA OS EMPRESÁRIOS. ESTÃO TODOS BEM PAGOS POR ELES. ELES SÓ PENSAM NA ESCRAVIDÃO, PARA FICAREM NOVAMENTE MEIA DÚZIA A MANDAR NOS MOLECOS. MAS ESTÃO MUITO BEM ENGANADOS.

– Querem ver que foram os trabalhadores que ganham menos de 3000 euros que ficaram com os rios de dinheiro… tenha alguma consciência, saiba que pessoas que ganham a baixo dos 1500 euros vivem com dificuldades…

– se não foi só o Estado então porque é que é só a função publica a ter de pagar a divida? Afinal Sr. Ministro em que é que ficamos? Este homem não sabe mesmo o que anda a fazer e a dizer.

– NÃO HÁ DUVIDAS QUE AS FAMÍLIAS TAMBÉM SE ENDIVIDARAM TODAVIA ALGUMAS SE CUMPREM NA INTEGRA É POR QUE O GOVERNO LHES TIROU PARTE DO DINHEIRO PARA ESSE CUMPRIMENTO E MAIS PAR DO SUBSIDIO ERA NOVAMENTE PARA O ESTADO

– Mas não foi na minha casa que desapareceram milhões e ninguém sabe onde vai esse dinheiro …..isto é um assalto …somos roubados todos os dias para estes senhores viverem bem .. a crise a eles não os afecta em nada…

– POIS NÃO, MAS FOI O ESTADO QUE INDICOU O CAMINHO! QUANDO SE PENALIZA O INVESTIMENTO, A CRIAÇÃO DE POSTOS DE TRABALHO E A POUPANÇA, ESPERA-SE QUE O CIDADÃO E AS EMPRESAS ACTUEM A CONTRA-VAPOR??!

– Passos, tenha consistência, competência,actue de boa-fé e não seja subserviente, afinal temos soberania ou não? O empréstimo não é nenhuma ajuda,caso contrario não teria-mos de pagar juros estupidamente elevados.

– O dinheiro n desapareceu. O dinheiro é só um; e para estar de um lado, não pode estar do outro. Qual é a parte q vocês políticos defensores do capitalismo não percebem? Tem muita gente aqui que também n quer perceber…

– Perdão,não foi o Estado foram os Políticos incompetentes que nos têm desgovernado e a esse ninguém pede contas!!!Os Portugueses estão a ser exprimidos para pagar essa divida, as outras ficam sem os bens e sem as casas.

– e se vocês tivessem uma boa politica em ke as pessoas na perdessem os postos de trabalho,e vocês na viessem com tantos impostos as pessoas tinham mais dinheiro para pagar as suas despesas..

– Senhor Passos Coelho mas quem e o senhor para nos vir dar lições de moral,ainda o senhor usava fralda, já noz éramos emigrantes ,que sabe o Senhor da vida,que sempre foi filho de Papa,gamem a vontade mas não diga asneiras

– “Não foi só o Estado que gastou mais do que devia”-pois não, mas quem paga a divida privada é o povo e se não a pagar não é o estado que a paga. Mas a divida publica é na mesma o povo que a paga e ninguém a paga por ele.

– A questão é que eu ao contrário do estado consigo pagar as minhas responsabilidades e não ando a fazer créditos para pagar outros créditos.

– Já agora sr. PM..esqueceu-se..das empresas..” elementar meu caro Watson ” como diria Sherlock Holmes….!!!!

– “Pessoas e famílias também o fizeram” Sim Sr.Passos Coelho! O senhor Passos, está a omitir que esses bancários incentivaram as pessoas ao crédito sem qualquer controle. 2008 EUA, não lhe diz nada?!

In Correio da Manhã online
19/11/2011 | 14h50

[aviso] – Tão novinho… e já sofre de Alzheimer, tadinho! Este bétinho cada dia que passa sabe menos o que está a fazer naquele lugar que lhe deram de bandeja a que chamam de “primeiro-ministro”. O primeiro parágrafo, então, é de quem se tem um “curso” de “economia” como ele diz ter (eu já não acredito nesta canalha desde há anos), o mesmo deve ter sido tirado ali p’rós lados da Universidade de Cacilhas, esquina com a do Porto Brandão…
Realmente não foi o Estado que gastou mais do que devia… quem gastou mais do que devia foram os políticos: Mário Soares, Cavaco Silva, António Guterres, Durão Barroso, Santana Lopes, Sócrates e Passos Coelho que está também a ir na onda dos antecessores, é que foram os verdadeiros GASTADORES, ESBANJADORES, dos biliões de €uro$ que entraram em Portugal, vindos da CEE, nomeada e principalmente na era do sr. Silva, o principal causador da destruição da nossa frota pesqueira e respectiva indústria, da agricultura e das respectivas produções, dos têxteis, etc., etc., etc..
E as famílias se pediram crédito, os Bancos quase que as “obrigavam” a isso com promessas milagrosas de benefícios para aqui, rendimentos para acolá, aliás, um total ENGANO, como enganados temos sido por esta canalha política! Então não eras tu, que antes das eleições, no tempo do Pinóquio I, dizias e juravas a pés juntos que o PPD tinha todas as soluções para sair da crise sem entrar no bolso dos Portugueses?
E se as famílias têm “tantas dívidas à banca”, é porque vocês, políticos da merda, têm andado a ROUBAR, a esmifrar tudo o que essas famílias dispunham na altura de realizarem esses créditos. E se essa receita congela (salários), ou é reduzida pelo constante e grosseiro aumento de custo de vida a todos os níveis, quer fiscal, quer económico, bem como pelos autêntico ROUBOS de subsídios de férias, de natal, não é preciso ser-se “economista”, mesmo que da merda, para se ter uma noção que vai existir falência. Até o Ti Manel das Iscas sabe isso quando faz as contas na sua mercearia de aldeia, pá! Vai chamar estúpidos aos teus colegas de partido ou de governo, não chames burro aos Portugueses que, comparados com vocês estão a muitos pontos de qualificação acima do vosso nível de competência!
Estes gajos já demonstraram, concreta e plenamente, que NÃO TÊM A MÍNIMA COMPETÊNCIA PARA GOVERNAREM PORTUGAL e estão ali apenas a cumprirem ordens dos COLONIZADORES do eixo franco-alemão, ou seja da dupla Merkozy, sendo estes os verdadeiros “governantes” de Portugal! Será por isto que eles querem abiolir o feriado do 1º. de Dezembro? para não nos lembrarmos que foi a data da Restauração de Portugal face aos invasores espanhóis? [/aviso]

Para todos aqueles que gostam de relembrar a nossa História, aqui fica um extracto do que se encontra na Wikipédia:

A grande preparação para a revolta

A ideia de recuperar a independência era cada vez mais poderosa e a ela começaram a aderir todos os grupos sociais.

Os Burgueses estavam muito desiludidos e empobrecidos com os ataques aos territórios portugueses e aos navios que transportavam os produtos que vinham dessas regiões. A concorrência dos Holandeses, Ingleses e Franceses diminuía-lhes o negócio e os lucros.

Os nobres descontentes viam os seus cargos ocupados pelos Espanhóis, tinham perdido privilégios, eram obrigados a alistar-se no exército espanhol e a suportar todas as despesas. Também eles empobreciam e era quase sempre desvalorizada a sua qualidade ou capacidade! A corte estava em Madrid e mesmo a principal gestão da governação do reino de Portugal, que era obrigatoriamente exigida de ser realizada “in loco”, era entregue a nobres castelhanos e não portugueses. Estes últimos viram-se afastados da vida da corte e acabaram por se retirar para a província, onde viviam nos seus palácios ou casas senhoriais, para poderem sobreviver com alguma dignidade imposta pela sua classe social.

Portugal, na prática, era como se fosse uma província espanhola, governada de longe. Os que ali viviam eram obrigados a pagar impostos que ajudavam a custear as despesas do Império Espanhol que também já estava em declínio.

Foi então que um grupo de nobres – cerca de 40 (conjurados)- se começou a reunir, secretamente, procurando analisar a melhor forma de organizar uma revolta contra Filipe IV de Espanha. Uma revolta que pudesse ter êxito.

A revolta do 1º de Dezembro de 1640

Começava a organizar-se uma conspiração para derrubar os representantes do rei em Portugal. Sabiam já que teriam apoio do povo e também do clero.

Apenas um nobre tinha todas as condições para ser reconhecido e aceite como candidato legítimo ao trono de Portugal. Era ele D. João, Duque de Bragança, neto de D. Catarina de Bragança, candidata ao trono, em 1580.

Em Espanha, o rei Filipe IV também enfrentava dificuldades: continuava em guerra com outros países; o descontentamento da população espanhola aumentava; rebentavam revoltas em várias regiões – a mais violenta, a revolta da Catalunha (1640), criou a oportunidade que os portugueses esperavam. O rei de Espanha, preocupado com a força desta, desviou para lá muitas tropas.

Faltava escolher o dia certo. Aproximava-se o Natal do ano 1640 e muita gente partiu para Espanha. Em Lisboa, ficaram a Duquesa de Mântua, espanhola e Vice-rei de Portugal (desde 1634), e o português seu Secretário de Estado, Miguel de Vasconcelos.

Os nobres revoltosos convenceram D. João de Bragança, que vivia no seu palácio de Vila Viçosa, a aderir à conspiração.

No dia 1 de Dezembro, desse ano, invadiram de surpresa o Palácio real (Paço da Ribeira), que estava no Terreiro do Paço, prenderam a Duquesa, obrigando-a a dar ordens às suas tropas para se renderem – e mataram Miguel de Vasconcelos.

Julho 2017
S T Q Q S S D
« Jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Sondagem

REVISÃO DE TEXTOS



Todos os textos aqui inseridos, são corrigidos para a Língua Portuguesa de antes do acordo ortográfico.

Mentiroso…!!!

visitas

Map

visitas desde 17/08/2011

artigos interessantes…

... não só pelos conteúdos, como pelos comentários que demonstram o que esta canalha política no poder (e não só) merece da maioria dos portugueses...

- Diário de Notícias: Cavaco sublinha importância da coesão nacional

- Diário de Notícias: Electricidade da Madeira desmente novo 'buraco'

- Expresso: Jardim diz que não se arrepende do endividamento

Os responsáveis pela derrocada de Portugal

Mário Soares - 9 de Junho de 1983 - 6 de Novembro de 1985

Cavaco Silva - 6 de Novembro de 1985 - 28 de Outubro de 1995

António Guterres - 28 de Outubro de 1995 - 6 de Abril de 2002

Durão Barroso - 6 de Abril de 2002 - 17 de Julho de 2004

Santana Lopes - 17 de Julho de 2004 - 12 de Março de 2005

José Sócrates - 12 de Março de 2005 - 21 de Junho de 2011

Passos Coelho - desde 21 de Junho de 2011

promessas do passado…

C E N S U R A

A partir desta data e tal como já foi exercido com outro online, este Blogue deixará de inserir notícias publicadas no Correio da Manhã online, dado que ontem foram deixados 3 comentários naquele online que não foram publicados e que se encontravam completamente dentro das regras exigidas pelo jornal nesta matéria.

Notícias Bravas
12.09.2011

salários mínimos na Europa

Bulgária € 123,00
Roménia € 153,00
Polónia € 281,00
PORTUGAL € 525,00
Grécia € 628,00
Espanha € 728,00
Reino Unido € 1.010,00
França € 1.321,00
Bélgica € 1.387,00
Irlanda € 1.462,00
Luxemburgo € 1.642,00

valores calculados sobre 14 meses
(incluem férias e 13º. mês)

E já que falam tanto em colocar Portugal ao mesmo nível dos países da UE, esqueceram-se da igualdade do salário mínimo?

Portugal fora da U.E.

frases ao acaso…

- Impressionante como Portugal não apresenta novos quadros na política e no seu grande empresariado. Onde estão os jovens portugueses? Ouvir um mesmo Cavaco e Silva há mais de três décadas é dose. Um Mário Soares, um Ramalho Eanes (esse ainda está vivo?), é brincadeira. Juventude lusitana assumam logo seu país antes que esses incompetentes o levem à derrocada total. Vejo diariamente a SIC e fico impressionado com o quadro político que se apresenta do continente à Madeira e Açores. Os comentários intermináveis e inócuos no programa "Quadratura do Círculo". O nome diz tudo: Umas bestas quadradas vociferando asneiras em círculo que não levam a lugar algum. Triste ver a nação de Camões, da Escola de Sagres, da Universidade de Coimbra acabar assim.

- Este Governo age como autêntico capataz da Srª. Merkel e Sr. Sarkozy. É o próprio Governo a dizer que os Portugueses têm que fazer sacrifícios, tem que ir para além da troika, para a Srª Merkel e o Sr. Sarkozy ficarem satisfeitos. E para agradar aos olhos daquelas duas personagens, este Governo submete os Portugueses a uma política que não leva a lado nenhum se o objectivo é pagar a dívida. Mas como o que interessa é o sorriso das tais personagens, este Governo optou por medidas de fazer sangue e quando o faz há quem corra para junto de Merkel e de Sarkosy a perguntar se está bem assim ou querem com mais sangue? São pacotes de austeridade atrás de pacotes de austeridade, são impostos directos acompanhados com cortes de vencimentos e como ainda acham,o Governo, que os Portugueses ainda ficam com uns trocos para matar a fome lá vêm com impostos indirectos... O simples cidadão está ensanduichado e sufocado em impostos...
O que este Governo condenou o anterior está a fazer ainda pior e sem se importar com políticas sociais e económicas... O que interessa a este Governo é que Merkel sorria de satisfação, bata palmas a este espectáculo de circo romano onde os Portugueses foram atirados às feras. O Governo fica sempre satisfeito com o seu desempenho quando Merkel bate palmas!!!!
Não temos um Governo inovador para contornar a crise ao serviço dos Portugueses, temos sim um capataz/carrasco ao serviço de quem lhes passa as mãos pelas costas!

- O povo português não é todo estúpido, subserviente e ignorante, temos de calar esta gente sem escrúpulos que manda trabalhar e nada faz pelo país, gente vendida ao capitalismo internacional. A paciência tem limites e o desespero já começa a fazer comichão nas palmas das mãos, prontas para distribuir chapada por esta gentalha miserável e oportunista que reduziu uma nação soberana a uma coutada de meia dúzia de atiradores furtivos que gosta de gozar com a cara de quem ainda acredita no seu país. O melhor é mudarem de discurso senão tudo pode acontecer e os responsáveis por isso terão de fazer as malas e bater com os calcanhares no traseiro.

- Num País de aldrabões e corruptos, nada é demais!!... Vale tudo, até tirar olhos!!! Fazem o que querem e o Povo consente!!! Aqui é que está o mal!!... É o Povo consentir toda esta bagunça e esperar pelo dia D, da sua desgraça!!! Mas, alguma vez existe alguma legislação ou Lei ou seja lá o quê, credível neste País!!! Só nos resta a natureza que essa mão falha!!! Para o ano, serão também taxados os Subsídios de Férias e de Natal, até nos levarem à depressão e ao suicídio!!! Só a INSURREIÇÃO será a solução, nada mais!!! E O POVO PÁ!!!!

- "Portugal é hoje um paraíso criminal onde alguns inocentes imbecis se levantam para ir trabalhar, recebendo por isso dinheiro que depois lhes é roubado pelos criminosos e ajuda a pagar ordenados aos iluminados que bolsam certas leis".

- Farto deste sistema de merda que nos engole
Farto destes políticos a coçar os colhões ao sol
Farto de promessas da treta
Sobem ao poder metem as promessas na gaveta
Farto de ver o país parado como uma lesma
Ver as moscas mudarem e a merda ser a mesma
Farto de miséria, o povo na pobreza
Uns deitam a comida fora, outros não a têm à mesa
Farto de rótulos, estigmas e preconceitos
Abrir os olhos e ver que não temos os mesmos direitos
Farto de mentiras, farto de tentar acreditar
Farto de esperar sem ver nada a melhorar
Farto de ser a carta fora do baralho
Farto destes cabrões neste sistema do caralho
Não te iludas ninguém quer saber de ti
Todos falam da crise mas nem todos a sentem
Muitos com razão, mas muitos deles apenas mentem
Crimes camuflados durante anos a fio
Tavam lá todos eles mas ninguém viu
Não foi ninguém, ninguém fez nada,
E se por acaso perguntarem ninguém diz nada
Farto de ver intocáveis saírem impunes
Dizem que a justiça é para todos mas muitos são imunes
Dois pesos, duas medidas
Fazem o que fazem, seguem com as suas vidas
Para o povo não há facilidades
E os verdadeiros criminosos do lado errado das grades
Boss AC

- O povo português, mesmo com todos os seus defeitos e manias, não merece estar à mercê de uma classe política que só se importa consigo própria.
100editora.net

- Marinho Pinto é tipo ciclone... nunca se sabe que rumo e intensidade toma... Às vezes diz umas verdades...outras burrega em toda a linha. Perdeu na sua defesa do pagamento das defesas oficiosas. Os Advogados metiam "mesmo" a mão na massa, como a ministra já provou, como se verifica pela quantidade de casos descobertos. Agora Marinho ameaça , numa reacção pouco civilizada e imodesta. É o que temos neste país... Marinhos Pintos e João Albertos....

Jardim pede independência da Madeira - Há pouco mais de 5 séculos 2 intrépidos navegadores,João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, cobriram de glória o nome de Portugal, abrindo as portas à grande epopeia dos Descobrimentos Portugueses. Contrariamente ao que diz o apátrida Jardim, atraiçoando a memória destes grandes portugueses, a Madeira nunca foi COLONIZADA, por ser um arquipélago sem ocupação humana, à data da descoberta.
Esta última e miserável declaração desta ingrata personagem conduz-nos a uma situação sem retorno e exige a realização de um REFERENDO que nos permita saber se os portugueses da Madeira querem manter a sua condição de PORTUGUESES – com todas as obrigações e direitos –ou se, pelo contrário, querem embarcar num navio à deriva, que rapidamente afundará, conduzido por um rasca aprendiz de marinheiro que condenará a população da Madeira a um futuro pouco risonho.

- No exterior são muitas as vozes - Martin Feldstein, George Soros são dois exemplos - que consideram provável que Portugal acabe por sair do euro pelo seu pé, uma vez que não terá condições de aguentar tanta austeridade ou de crescer com as regras do euro, orientadas para economias fortes. Esta semana, em entrevista à SIC, o economista João Ferreira do Amaral - crítico da entrada de Portugal no euro - apontava que vista de fora, sem o envolvimento com o país, a situação insustentável seria fácil de observar.

- Chamar merceeiros a estes "gestores/economistas" de pacotilha, é ofender seriamente os verdadeiros merceeiros...

- Hoje não há uma notícia que nos deixe reconfortados e o problema é só um: o mundo neoliberal em que nós mergulhámos deixou-nos neste estado de pura desgraça. Cavaco começou esta pouca vergonha em Portugal: ele o timoneiro e os seus comparsas. Gente sem categoria nenhuma pouco cultos sem inteligência que vieram dos montes para singrarem na cidade e na política onde se consegue um bom emprego a não fazer nada e depois conseguir-se um grande lugar numa empresa ou em várias. É uma alegria: pessoas com 5 e 6 reformas. Eu sei. Dinheiro muito dinheiro da CEE mal gerido e desperdiçado nas mãos de gente nada séria.Uma máfia. BPN, BPP, MADEIRA. Os portugueses a pagarem as vigarices do homem que quer passar a imagem de honesto mas que a mim nunca me enganou.

- O 25 de Abril tem sido um paraíso fiscal para estes políticos Gatunos que deixam as famílias portuguesas falidas e eles Milionários...!!!

- Votar, em Portugal, já não é democrático, é consentir que o crime de corrupção prolifere sem limite. Podemos travá-los? Sim...
Sem o teu voto, eles não são nada!

- "O País entrou no bloco operatório para fazer uma lipoaspiração e, devido a um erro clínico, saiu de lá sem um rim e com um braço a menos"

- Paulo Macedo, esse grande herói da Direcção-Geral dos Impostos, com vasto currículo na Saúde, quer, por exemplo, economizar nos transplantes. Muito bem. Toda a gente sabe que essas operações são meros caprichos e que, frequentemente, as listas de cirurgia estão cheias de utentes que querem mudar de fígado só porque o que tinham estava fora de moda.

- O ministro também anunciou que o Estado deixará de comparticipar a pílula, sem dúvida uma excelente maneira de combater o aborto. O mesmo caminho segue a vacina contra o cancro do colo do útero e os medicamentos para asmáticos, esses malandros que querem respirar à borla.

- Com menos portugueses e mais asfixiados, certamente o Estado terá menos despesas. Confirma-se: não há vida além do défice.

Porque é que as dívidas de particulares aumentam?

Existem por aí uns economistas de capoeira, a mandarem bitaites sobre os "calotes" que as famílias pregam à banca e às "sociedades financeiras" que designo de "mercearias de dinheiro fácil" sem terem em linha de conta, na maioria dos casos, do porquê de tal situação.
O Dr. Paulo Morais em meia dúzia de frases, sintetizou os porquês dessa situação e eles são, principalmente:

- Ganância irresponsável de uma Banca usurária.
- Quando se vulgarizaram, o crédito ao consumo e os empréstimos pessoais pareciam uma solução fácil. Um embuste colossal.
- As empresas de crédito ao consumo lançaram milhões num inferno. Prometiam taxas de juro que eram já de si elevadas. Mas a estas acresceram comissões, seguros, impostos e outros assaltos. Obrigam assim os clientes ao pagamento de taxas anuais efectivas de encargos (a famosa TAEG) de quase 30 por cento. Em famílias de escassos recursos, estes empréstimos provocaram a insolvência.
- Ao longo de anos, as autoridades de supervisão bancária nada fizeram. Sucessivos governos deixaram os consumidores de produtos financeiros à mercê das verdadeiras sanguessugas que são as sociedades financeiras de “apoio” (?!) ao consumo e de concessão de crédito pessoal.
- Há que tentar perceber a ausência de intervenção do Banco de Portugal e até a inércia do Ministério Público, incompreensível, uma vez que a usura em Portugal constitui crime. De seguida, baixar compulsivamente as taxas, repondo a equidade.

Nem o Banco de Portugal, nem o Ministério Público, nem os (des)governos, todos eles, em conjunto, alguma vez puseram cobro a esta USURA que, como Paulo Morais diz, constitui CRIME em Portugal.

A.C.A.M.

União de Doentes com Cancro em risco de fechar

A União Humanitária dos Doentes com Cancro (UHDC) anunciou hoje que corre o risco de encerrar devido à redução de donativos e apela às dádivas dos portugueses para poder continuar a apoiar estes doentes e os seus familiares.
Em comunicado enviado à agência Lusa, a UHDC refere que, "devido à crise e consequente drástica redução de donativos", está a "passar por graves dificuldades económicas".
Nas contas da UHDC está já com um saldo negativo de 27 mil euros, relativo a 31 de Agosto, valor que a organização precisa reunir até final do ano, "de modo a garantir o pagamento de salários e a prossecução de todas as suas actividades de apoio a doentes com cancro e seus familiares, nomeadamente, a Linha Contra o Cancro e o Núcleo de Apoio ao Doente Oncológico".
A União Humanitária dos Doentes com Cancro apela aos contributos da população (empresas e particulares), disponibilizando a conta da organização no Montepio com o NIB: 0036 0216 99100077363 22.
Esta associação - que tem como primeiro objectivo apoiar os doentes com cancro e seus familiares, mediante a prestação de diversas valências de apoio, inteiramente gratuitas - promove anualmente uma campanha de angariação de fundos, de modo a garantir a sua sustentabilidade, tendo registado este ano uma redução de cerca de 30 mil euros face à campanha do ano passado.
Esta redução de fundos "coloca em causa a sobrevivência da associação", lê-se no comunicado.

inquérito Diário Digital

Inquérito JN 500 euros aos alunos

Inquérito JN sobtre quebra de proditividade

Inquérito JN – Taxa para financiar bombeiros

Inquérito J.N. desvio contas Madeira

aldrabices de algibeira

"Ninguém nos verá no Governo a impor sacrifícios aos que mais precisam apenas para fazer de conta que está tudo bem, se as coisas não estiverem bem, nós teremos de dizer que aqueles que têm mais, têm de ajudar mais os que têm menos em Portugal".
Passos Coelho
In JN de 2011-06-01

"A Grécia pediu ajuda e falhou. E sabem o que é que pode acontecer? Pode não haver mais ajuda externa. Não é a Europa que pode estar em causa com o Euro. São os gregos que podem ficar de fora da Europa e podem sofrer o que não é justo que sofram", disse, num paralelo com o que pode vir a acontecer a Portugal, se não houver um Governo "forte e coeso".
"Nós não podemos ter um Governo que faça de conta, que minta".
"Não percam tempo com quem já sabe que fracassa, dêem força a quem pode ganhar Portugal", pediu, apelando a que, numa "altura histórica" como a que Portugal vive, os portugueses não votem num Governo que "pode deitar tudo a perder".
Para além de ter dito: GOVERNAR PORTUGAL É IR AO POTE!
Passos Coelho
In JN de 2011-05-29

“O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, garantiu hoje que, se ganhar as eleições, “não vai mexer nas taxas de IVA” e que pretende recolher mais dinheiro dos impostos “alargando a base”. “Eu já tive ocasião de dizer que o PSD, e eu próprio, não vamos mexer naquilo que são as taxas de IVA que estão previstas, nomeadamente no acordo que foi estabelecido com a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional. Nós vamos ter de recolher mais dinheiro dos impostos alargando a base, que não aumentando ou agravando as taxas do imposto”, disse.”<
Passos Coelho falava numa acção de campanha em Valença do Minho, durante a qual ouviu as preocupações dos comerciantes e dos autarcas locais sobre a disparidade já existente entre o IVA em Portugal e em Espanha.”
In LUSA/SOL 30 de Maio de 2011

A 01.Abr.2011, Passos Coelho GARANTIU a uma aluna de uma escola de Vila Franca de Xira que NÃO IRIA MEXER NO SUBSÍDIO DE NATAL 2011...!!!

C A R R I S

15% de aumento nos títulos de transporte resultaram na continuidade dos maus serviços prestados aos utentes!
Equipamentos de ar condicionado, em pleno Agosto, com temperaturas exteriores mais frescas que dentro das viaturas porque o AC está DESLIGADO! 80% dos motoristas devem ser alérgicos ao AC pois pela janelinha do lado deles entra corrente de ar, ao passo que os que pagam o seu título de transporte vão numa de sauna forçada!
E como isto é um País de mansos, onde ninguém protesta, a estória continua diariamente... E não esqueçam, seus pategos, que em Janeiro está previsto novo aumento de tarifário...!

arquivo

Blog Stats

  • 178,589 hits

top de classificação

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 24 outros seguidores

autores

Flickr Photos